Quarta, 20 de Janeiro de 2021 23:39
32 999532355
Dólar comercial R$ 5,31 -0.632%
Euro R$ 6,43 -0.79%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.15%
Bitcoin R$ 195.280,38 +0.195%
Bovespa 119.646,4 pontos -0.82%
Economia Balança Comercial

São João del-Rei: Pandemia não afeta comércio exterior da cidade

Mesmo com superávit de US$ 14 milhões, a queda da balança comercial nos últimos anos é vertiginosa

24/08/2020 18h30 Atualizada há 5 meses
355
Por: João P. Sacramento
Ferro Liga: principal matéria-prima exportada por São João del-Rei. Imagem: Internet
Ferro Liga: principal matéria-prima exportada por São João del-Rei. Imagem: Internet

O NEPE-UFSJ ( Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Economia) divulgou hoje (24), o boletim do Comércio Exterior em São João del-Rei. Referente ao segundo trimestre de 2020, os dados apresentaram que o município registrou um saldo positivo na balança comercial com um superávit de US$ 14,24 milhões.

O município exportou US$ 16,56 milhões em mercadorias para outros países. O saldo da balança comercial (diferença entre exportações e importações) permanece positivo, contribuindo para gerar renda interna no município.

Os metais comuns foram os produtos mais exportados por São João del-Rei e arrecadou US$ 12 milhões para as empresas são-joanenses. Foram importados mais de US$ 1 milhão em produtos das indústrias químicas. Itália e a China lideraram os principais parceiros comerciais do município que importou US$ 2,32 milhões em produtos originários, principalmente, da Austrália, Espanha e da China.

No Brasil, a balança comercial de abril a junho também teve superávit de mais de US$ 17 milhões e o valor das exportações superou o de importações em 50,21%. Esse superávit foi impulsionado pela venda dos produtos de origem vegetal e de origem mineral. 

“Embora o Brasil tenha revelado superávit na balança comercial no segundo trimestre de 2020, o que é positivo em termos de aquisição de divisas internacionais e contribuição para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), o mundo ainda tenta recuperar as expectativas econômicas em meio a instabilidade causada pela pandemia do novo coronavírus. Esse saldo superavitário foi favorecido em especial pelo resultado da balança comercial do mês de junho, em que se pode verificar a maior diferença percentual entre exportações e importações do trimestre, representando 71,43%”, apresenta o boletim do NEPE/UFSJ. 

Segundo a fonte de pesquisa do NEPE-UFSJ, o Comex Vis, São joão del-Rei possui atualmente cerca de 0,3% de participação nas exportações do Estado de Minas Gerais, participando com 11 empresas exportadoras.

Mesmo com saldo positivo, queda na balança comercial vem desde 2011

Gráfico que mostra queda desde 2011. Imagem: NEPE/UFSJ

Mesmo com saldo positivo na balança comercial no segundo trimestre de 2020, o município de São João del-Rei vem perdendo posições significativas em exportações, importações e saldos (exportações subtraídas das importações) desde 2011. Os anos de 2015 e 2016 foram os piores, com leve melhoria nos anos posteriores, porém ainda não se recuperou aos patamares da última década.

Segundo o professor Dr. Gustavo Carvalho Moreira, do NEPE/UFSJ, um dos motivos pode estar “em alguns itens que saíram da pauta exportadora do município”, ou seja, deixamos de exportar, tais como os minérios, os objetos de arte e antiguidades, sementes e frutos oleaginosos, brinquedos, estanho, algodão e outros. Sobre a indústria de algodão, a queda na exportação da matéria-prima, pode ser uma consequência da decadência de fábricas de tecido da cidade. Para o professor, historicamente, a cidade exporta principalmente o “ferro liga”, o que pode ter influenciado o superávit elevado, mesmo com a queda da balança comercial.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São João del Rei - MG

São João del Rei - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de São João del Rei - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 23h24 - Fonte: Climatempo
20°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 28°

20° Sensação
3 km/h Vento
60% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (21/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (22/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias