Terça, 22 de Setembro de 2020 21:00
32 999532355
Eleições 2020 Eleições 2020

Denilson Reis (PSDB) defende desenvolvimento do turismo ecológico e ampliação da marca Cidade do Café com Biscoito

Pré-candidato à reeleição também comentou segurança pública, reestruturação dos agentes de saúde e Pacto Econômico Federativo do Governo Federal

04/09/2020 18h21
190
Por: Adriano Vianini
Foto: Reprodução vídeo
Foto: Reprodução vídeo

A série de entrevistas promovida pelo Mais Vertentes contou nessa quarta-feira (02), com a participação do prefeito de São Tiago, Denilson Reis (PSDB). Pré-candidato à reeleição, o atual gestor do município pretende, se for reeleito, solidificar a economia local, desenvolver o turismo ecológico e fortalecer a produção local.

Denilson Silva Reis iniciou sua caminhada na política como auxiliar administrativo na Prefeitura de São Tiago, em 1983. Foi presidente da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) municipal entre 1987-1988, secretário de saúde da cidade entre 1997-2000, e por Lagoa Dourada entre 2001-2002. Foi presidente da CISVER (Consórcio Intermunicipal de Saúde das Vertentes) entre 2011-2012, seus primeiros mandatos como prefeito foram entre 2005-2012, e em 2017 foi novamente eleito para o executivo de São Tiago.

Denilson considera ter tido um dos mandatos mais difíceis, iniciado com o desabamento de casas no município devido às chuvas, em 2017. De acordo com atual prefeito, pela segunda vez no mandato e na história de São Tiago, teve que decretar emergência por causa das chuvas no início do ano. Com a chegada da pandemia e a previsibilidade mínima da situação, acredita na continuidade do seu trabalho. “Estou mais do que incentivado, empolgado e pronto para fazer outro mandato com muita força e determinação para fazer com que esse município continue brilhando nas Vertentes”, disse Denilson. O pré-candidato ressaltou que por motivos pessoais o atual vice-prefeito, Marino (PSDB), não estará na candidatura de 2020, e que o vereador Vanderlei Cardoso (DEM) será seu companheiro de chapa.

Caso seja reeleito, Denilson pretende solidificar a economia local, ampliando a marca Cidade do Café com Biscoito. Pleiteia a abertura de uma nova matriz econômica no município com foco no turismo, onde uma das ênfases está no projeto Caminhos de São Tiago que deseja ligar 11 cidades na rota turística, valorizando os caminhos percorridos no passado pelos tropeiros e pelos inconfidentes. O prefeito afirma ainda possuir apoiadores políticos do estado que auxiliam em seu mandato com recursos e projetos para obras de infraestrutura. “Nós construímos uma estrutura de apoio, trabalho e projetos que estamos prontos para fazer quatro anos brilhantes com a bênção de Deus e que agora não podemos abrir mão disso”, ressaltou o prefeito.

Sobre o Pacto Federativo Brasileiro, cujo a ideia seria a dissolução de alguns municípios abaixo de 5 mil habitantes ou aqueles cuja receita própria não alcance os 10% poderiam ser extintos, Denilson crê que a desconcentração de pessoas é muito importante para fortalecer os pequenos municípios. Em contraponto ao que foi dito na PEC (Proposta de Emenda à Constituição), o prefeito diz que a arrecadação com cerca de  6.23% é sinal de um município produtivo, trabalhador e empreendedor. “Nós somos um município produtor, levamos nossos produtos para fora, trazemos o dinheiro pra cá e aqui o nosso povo se estabelece”, afirma Denilson. O prefeito acredita que a PEC vai “cair por terra” por inviabilidade política ou pelo fato de que muitos municípios são autônomos e entregam qualidade de vida para os seus munícipes.

Em 2019, o evento Café com Biscoito teve o faturamento de cerca de R$ 350 mil. Mesmo com a pandemia, Denilson afirma não ter tido impacto negativo na economia o fato de não ter tido o evento em 2020, e que os produtores continuam com a demanda e vendas. O prefeito adiciona que graças ao Conselho da Festa, formada por voluntários, o evento ganhou notoriedade e a sociedade participa. Denilson destaca o Fórum Cultural de Empreendimentos de São Tiago como instituição realizadora do Café com Biscoito, Escola de Música e festas tradicionais do município.

Em termos culturais, Denilson pretende constituir a filial do Centro Artístico Cultural no distrito de Mercês de Água Limpa, e instituir uma Orquestra em São Tiago. Além de prosseguir os trabalhos com o Memorial São-Tiaguense, Biblioteca Municipal, Centenária Banda de Música de Mercês de Água Limpa e continuar o apoio de iniciativas sociais do município. 

Sobre a segurança pública, Denilson comenta sobre a situação complexa dos municípios de pequeno porte onde não existe possibilidade política definida para estruturar sua própria Guarda-Municipal. O prefeito acrescenta que instituições como a Polícia Militar e a Polícia Civil do Estado ainda não possuem policiais suficientes para atender as demandas dos municípios pequenos, mas com o desdobramento das instituições, o município consegue conciliar as ocorrências. Denilson salienta o trabalho feito como do videomonitoramento, mas que São Tiago por causa da BR-494 tem sofrido com problemas relacionados ao tráfico de drogas, porém acredita que com a reabertura da delegacia da Polícia Civil em São Tiago o município poderá debelar a criminalidade. Para suprir a situação, o prefeito pretende continuar a investir no esporte, na Escola de Música para a juventude e espera que as pessoas participem dos projetos.

Em relação às medidas de seguranças tomadas contra a pandêmia do novo coronavírus, Denilson reforça que não faria nada diferente. Acredita que poderia ter sido mais agressivo com o Governo Estadual, mesmo sempre de forma respeitosa, por entender como absurda as ações do Estado com os pequenos municípios. “Nós precisamos de equilíbrio, conscientização e informação”, diz o prefeito em lives promovidas com a comunidade durante a pandemia para informar os munícipes sobre a situação do município e mecanismos de controle. Considera ter sido “covardia” por parte do Governo de Minas determinar que caberia aos prefeitos às reaberturas dos estabelecimentos. “Eu não tenho força de decisão, pois se eu abrir da forma que eu quero, o Ministério Público vai me punir”, disse Denilson.

Quanto a possibilidade da criação de um Hospital Regional, administrada por uma instituição como a CISVER, Denilson explica que o consórcio foi criado para suprir uma demanda que o Estado constitucionalmente nunca conseguiu cumprir para com a saúde. Explica que a CISVER é a concentração de recursos de municípios pequenos que não tiveram as suas demandas atendidas e que precisaram resolver por si só. O prefeito fala que o Hospital Regional pelo consórcio pode até acontecer, mas acredita ser difícil pois o Hospital é muita responsabilidade financeira  para a estrutura.

Em relação à saúde, caso seja reeleito, pretende repaginar o Programa de Saúde da Família, dar uma nova dinâmica administrativa ao setor e investir em uma Unidade de Pronto Atendimento 24hrs pela Rede de Atenção Básica. Sobre a educação, pretende continuar investir no profissional da educação, dar continuidade às construções de uma Creche e uma nova Escola Municipal.

Confira a live na íntegra!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Resende Costa - MG

Resende Costa - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de Resende Costa - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 20h55 - Fonte: Climatempo
14°
Céu encoberto

Mín. 12° Máx. 19°

14° Sensação
40.2 km/h Vento
86.5% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 18°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quinta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 24°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias