Domingo, 25 de Outubro de 2020 02:24
32 999532355
Política Ministério Público

Santa Cruz de Minas: Ministério Público nega ação contra vereador e pré-candidato a vice da cidade

Gleison Freitas, candidato a vice-prefeito, nega ter enriquecido ilicitamente. Aldo Batista e Sinara Campos comentam sobre o caso.

30/09/2020 16h01 Atualizada há 3 semanas
561
Por: João P. Sacramento
Santa Cruz de Minas: Ministério Público nega ação contra Vereador e pré-candidato da cidade. Foto: Redes Sociais
Santa Cruz de Minas: Ministério Público nega ação contra Vereador e pré-candidato da cidade. Foto: Redes Sociais

Na tarde de ontem (29), o atual vereador e pré-candidato a vice-prefeito, Gleison Freitas (DEM), divulgou em suas redes sociais onde apresentou um documento do Ministério Público que arquiva as falsas denúncias de enriquecimento ilícito, pela qual ele foi acusado.

A denúncia anônima encaminhada ao Ministério Público de Minas Gerais alegava que o Vereador Gleison Freitas (DEM), atual candidato a Vice-Prefeito, teria enriquecido ilicitamente. Sem nenhuma prova ou indício dos possíveis crimes o MP arquivou o procedimento. 

O Vereador Gleison Freitas usou o Facebook para esclarecer os fatos. Visivelmente emocionado, Gleison relatou que “vinha sofrendo calado” diante das injúrias dirigidas a ele e a família. E aproveitou para ler alguns trechos do documento recebido pelo Ministério Público. Segundo o mesmo, “as acusações eram infundadas, pois, ele sempre prezou pela transparência e honestidade”. 

No vídeo ele afirma que ser político “não é sua profissão”. Ele está vereador, mas é formado em Administração e que trabalha, de acordo com ele, desde seus 13 anos. Que o cargo ocupado na Câmara Municipal de Santa Cruz de Minas “é para servir o povo e trazer benefícios para a população”, afirmou. 

Gleison, que faz parte da chapa de Aldo Batista (DEM), ainda reafirmou seu compromisso com a transparência da instituição: “Eu fiz o concurso da Câmara Municipal para que tivéssemos funcionários capazes de fiscalizar as minhas e as ações de todos os vereadores. Eles têm autonomia para realizar o trabalho de forma honesta, isenta e transparente.” 

Ao final da live, o vereador convidou a população para ir até a sua casa e tomar um café: “Convido vocês a virem tomar um café aqui em casa. Eu e meus pais iremos recebê-los muito bem na nossa ‘mansão’ de 50 metros quadrados, que construímos com muita luta e suor. Assim como muitos de vocês”.

Em entrevista exclusiva ao portal Mais Vertentes, Gleison afirmou que a resposta do Ministério Público foi muito importante para ele, pois, segundo ele, “foi uma denúncia anônima sobre mentiras ditas nos últimos dias e externadas de um vereador que fazia parte do grupo de esquema de diárias e que estão sendo acusados por uma série de atos e possíveis crimes enquanto estavam com à presidência da câmara de vereadores”. 

Questionado quem seria esse vereador, Gleison não comentou nada até o fechamento desta edição.

Gleison ainda pontua que “o arquivamento com a resposta do Ministério Público vem mostrar que eram inverdades sem provas e fundamentos para querer fazer picuinhas e fake news e isso ajuda a população a entender os fatos e conseguir ter tranquilidade nas suas decisões e do voto”.

O vereador afirmou que “a resposta do arquivamento foi encaminhado ao controle interno da prefeitura”, mas que a parte mais importante foi a que ele leu no vídeo. Leia o trecho abaixo:

Trecho lido por Gleison na live do Facebook. Foto: Gleison Freitas

O que dizem os apoiadores?

Aldo Batista e Gleison Freitas. Foto: Redes Sociais

Em nota exclusiva para o portal Mais Vertentes, o atual vice-prefeito de Santa Cruz de Minas e candidato a prefeito junto com Gleison, Aldo Batista, disse que “não tínhamos nenhuma dúvida que o processo seria arquivado, foi uma denúncia política, feita por um grupo desesperado. Gleison é uma pessoa Honesta e de família íntegra e não é por coincidência que foi escolhido como vice prefeito em nossa chapa, para podermos juntos dar continuidade a esse belíssimo projeto que teve início com a prefeita Sinara Campos”.

Também em fala exclusiva ao portal Mais Vertentes, a atual prefeita de Santa Cruz de Minas, Sinara Campos, disse que “dentro do processo democrático da eleição, o que mais deveria importar é o eleitor ter clareza de quem ele tá votando. Quando ocorre mentiras, fake news, ou qualquer tipo de fato que possa distorcer algum candidato, ou manchar a imagem deste candidato, faz com que o povo se confunda e isso atrapalha de fato, um processo democrático”.

Para Sinara, o arquivamento da promotoria vem função de que “são denúncias e falácias, cujo o único objetivo é fazer com que o eleitor se sinta confuso de acreditar ou não naquilo”, afirma. Ainda de acordo com Sinara, tal situação pode mudar os rumos do pleito.

Sobre o arquivamento por parte do Ministério Público é visto pela prefeita como esclarecedor para a sociedade. Segundo ela, “ quem conhece o Gleison e as pessoas que estão ao meu redor, sabe muito bem da idoneidade da forma que eles trabalham”,aponta.

Sinara diz estar tranquila com essa situação, pois, conforme ela, o Ministério Público está empenhado em fazer com que “o povo possa estar o mais esclarecido, possível, pra votar naqueles que eles acham que têm condição de , de fato, conduzir a cidade”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santa Cruz de Minas - MG

Santa Cruz de Minas - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de Santa Cruz de Minas - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 01h56 - Fonte: Climatempo
16°
Chuva

Mín. 15° Máx. 21°

16° Sensação
13 km/h Vento
98.9% Umidade do ar
80% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 24°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias