Quinta, 22 de Outubro de 2020 03:44
32 999532355
Eleições 2020 Eleições 2020

Eleições 2020: Entenda como funciona a eleição para vereador em 2020

Com o fim das coligações suplementares, partidos precisam fazer o quociente eleitoral para eleger seus representantes. Entenda as novas regras para as eleições deste ano

07/10/2020 18h00 Atualizada há 2 semanas
349
Por: Thais Marques
Reprodução TRE-MG
Reprodução TRE-MG

Pela primeira vez os candidatos ao legislativo municipal não irão concorrer por meio de coligações. Desde 2017 a reforma eleitoral, aprovada pelo Congresso Nacional determinou o fim das coligações suplementares. Desta forma os candidatos concorrem somente com o apoio e verba de seu partido. As eleições para prefeito são de fácil entendimento para a população, afinal quem ganha mais votos é eleito. O mesmo não acontece nas eleições para vereador, que envolve o ‘peso’ que o partido possui nas eleições e cálculos que validam quem está ou não eleito.

 

Em 2017 foi aprovada a Emenda Constitucional 97, onde partidos foram proibidos de formarem coligações para as eleições às Câmaras Municipais. Para a disputa à Prefeitura, as coligações continuam autorizadas. Neste ano, cada partido lançou individualmente suas candidaturas. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, estarão eleitos os que tenham obtido votos em número igual ou superior a 10% do Quociente Eleitoral (QE), tantos quantos o respectivo Quociente Partidário (QP) indicar, na ordem da votação nominal que cada um tenha recebido.

 

Quociente Eleitoral é a divisão dos votos válidos pelas vagas a serem disputadas na Câmara Municipal, excluindo votos brancos e nulos. O resultado é o número mínimo de votos que os partidos precisam para ocuparem os assentos no legislativo municipal. Partidos que não atingirem em número igual ou superior a 10% ficam de fora da Câmara Municipal, mesmo que seu representante tenha recebido um número expressivo de votos. Posterior à estes cálculos, está o Quociente Partidário, que considera quantas vezes o partido ultrapassou o Quociente Eleitoral e determina a quantidade de vagas a serem puxadas pela legenda. Ou seja, determina quantas cadeiras na Câmara cada partido que superar o QE irá ocupar.

 

Puxadores de votos: o “efeito Tiririca”

 

“Efeito Tiririca” é quando um candidato recebe uma quantidade tão grande de votos que “puxa” demais candidatos de seu partido. Isso facilita para quem recebe poucos votos, ou pretende se reeleger e não recebe a quantidade necessária de votos para isso, conquistem ou continuem a ocupar as vagas do legislativo. Essa tática ficou conhecida em 2010 quando o ator e palhaço Tiririca conquistou 1,3 milhão de votos e garantiu o mandato para três candidatos de seu partido que não conseguiriam se eleger de forma isolada. Leia: 90% dos vereadores vão tentar novo mandato em São João del-Rei.

 

Quantidade de candidatos à Câmara Municipal e o teto de gastos


Em Barroso são 154 candidatos a vereador, Conceição da Barra de Minas 43, Coronel Xavier Chaves 34, Prados 41, Ritápolis 67, Santa Cruz de Minas 86, São João del-Rei 229 e São Tiago 68. Conforme noticiado pelo Mais Vertentes, as 15 cidades da Microrregião de SJDR possuem gastos para a campanha estabelecidos pela Justiça Eleitoral. Para conferir quantos candidatos à vereador por município, acesse o site do TSE.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São João del Rei - MG
Atualizado às 03h43 - Fonte: Climatempo
15°
Muitas nuvens

Mín. 14° Máx. 24°

15° Sensação
17.2 km/h Vento
92.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Sábado (24/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 24°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias