Domingo, 24 de Janeiro de 2021 19:15
32 999532355
Cultura Mostra de Cinema

24ª Mostra Tiradentes abre calendário audiovisual brasileiro e homenageia a cineasta Paula Gaitán

Evento, totalmente gratuito, exibirá 144 filmes e será realizado online, entre os dias 22 e 30 de janeiro, com pré-estreias, debates e rodas de conversa

14/01/2021 15h35
170
Por: João P. Sacramento
Diário de Sintra, de Paula Gaitán. Foto: Reprodução / Divulgação
Diário de Sintra, de Paula Gaitán. Foto: Reprodução / Divulgação

A 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes, será realizada de 22 a 30 de janeiro e trará uma experiência diferente dos anos anteriores. Devido à pandemia de Covid-19, o evento que abre anualmente o calendário audiovisual brasileiro acontecerá no formato online com todas as atividades concentradas no site  do evento e acompanhadas nas redes sociais da Universo Produção. 

A programação abrangente, diversificada e gratuita exibe 114 filmes (31 longas, 2 médias e 81 curtas-metragens) em pré-estreias e mostras temáticas. Além de contar com a participação de 102 convidados no centro do 24º Seminário do Cinema Brasileiro que inclui 22 debates, a série “Encontro com os Filmes” e rodas de conversa.

O evento também vai promover 10 oficinas com a oferta de 225 vagas, realizando performance audiovisual, exposições, shows e atrações artísticas. "Mesmo nesse novo formato, a Universo Produção preparou todas as atividades do evento mantendo as mesmas características, identidade e personalidade de uma edição presencial. Assim, tanto o público já habituado com a Mostra Tiradentes, quanto aqueles que nunca puderam ir ao evento, poderão desfrutar de uma vasta programação gratuita, compartilhada pelas redes, com o espírito de engajamento e vanguarda das outras edições”, destacou a diretora da Universo Produção e coordenadora geral da Mostra, Raquel Hallak. 

Raquel ainda afirmou que a "24ª Mostra Tiradentes reafirma seu propósito de promover, refletir, exibir e difundir a produção brasileira contemporânea e conecta olhares, pessoas, diversidade e todos os sotaques brasileiros e, no ambiente virtual, amplia o acesso e a abrangência do evento”. 

A abertura da Mostra, na noite do dia 22, a partir das 20 horas, terá performance audiovisual, homenagem à cineasta Paula Gaitán e exibição, em pré-estreia mundial, de seu mais novo documentário “Ostinato”, sobre o músico Arrigo Barnabé. 

A exibição estará disponível após o debate inaugural "O Percurso de Paula Gaitán", que terá a presença de Ava Gaitán Rocha (cantora, compositora e cineasta), Clara Choveaux (atriz), Eryk Rocha (cineasta) e do próprio Arrigo e de Paula Gaitán.Com mediação do coordenador curatorial da Mostra, Francis Vogner dos Reis e um show com o músico Arrigo Barnabé para encerrar a programação do dia de abertura.

Foto: Internet

Paula Gaitán

Nascida em Paris e de origem colombiana, Paula Maria Gaitán lançou seu primeiro filme em 1989, “Uaka”, filmado no Xingu. Antes, já atuava no campo artístico como atriz, fotógrafa e diretora de arte. 

Foi parceira de Glauber Rocha (1939-1981) em alguns de seus trabalhos mais importantes, fazendo o cartaz de “Cabeças Cortadas” (1970), a cenografia de “A Idade da Terra” (1980), no qual também atuou diante das câmeras e ilustrações de livros do realizador baiano. 

Como diretora, assinou filmes diversos, ora inovando nas abordagens e nas formas visuais e sonoras, como “Diário de Sintra” (2007) e “Noite” (2014), ora se aproximando intimamente de figuras importantes da criação, como “Vida” (2010), com Maria Gladys, “Agreste” (2010), com Marcélia Cartaxo e “É Rocha e Rio, Negro Léo” (2020). Na ficção, dirigiu “Exilados do Vulcão” (2013) e “Luz nos Trópicos” (2020).

“A obra da Paula responde de maneira abrangente ao emblema da experimentação estética e da experiência poética. Cada um de seus filmes se empenha em buscas distintas, sempre novas, abrindo caminhos inexplorados sobretudo por ela mesma. A cada filme ela refaz, repensa, redescobre e reinterpreta a dimensão do personagem, do tempo, do plano, da montagem e do som”, afirma o curador Francis Vogner. 

Além do debate inaugural e de “Ostinato” na abertura, com a presença de Paula será realizada uma Mostra Homenagem, com a exibição de oito trabalhos: os longas “Diário de Sintra”, “Exilados do Vulcão”, “Noite”, “Luz nos Trópicos”, o videoclipe “A Mulher do Fim do Mundo” (de Elza Soares) e os inéditos “Ópera dos Cachorros”, curta, e “Se hace camino al andar”, média.

Toda programação é oferecida gratuitamente ao público. Confira aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tiradentes - MG

Tiradentes - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de Tiradentes - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 19h00 - Fonte: Climatempo
23°
Muitas nuvens

Mín. 15° Máx. 27°

23° Sensação
19.5 km/h Vento
65.7% Umidade do ar
80% (6mm) Chance de chuva
Amanhã (25/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (26/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias