Domingo, 28 de Fevereiro de 2021 00:47
32 999532355
Cultura Mostra de Cinema

24ª Mostra de Tiradentes: Documentários são os destaques nas exibições de longas e curtas de hoje (26)

A programação cinematográfica da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes continua a oferecer gratuitamente, para fãs da sétima arte do Brasil e de todo o mundo, a produção mais atual e diversa do cinema nacional

26/01/2021 14h21
115
Por: João P. Sacramento
"Kevin". Foto: Cristina Maure / Reprodução

Nesta terça-feira, dia 26 de janeiro, a dupla da curadoria de longas, Francis Vogner e Lila Foster e a equipe curatorial de curtas, composta por Camila Vieira, Tatiana Carvalho e Felipe André Silva, destacam a forte presença de documentários e ficções nas sessões das mostras Aurora, Olhos Livres, Temática, Foco, Panorama e Praça. 

Com exceção do longa da Mostra Aurora e dos curtas da Mostra Foco, que ficam disponíveis por 48 horas, as outras exibições poderão ser vistas até o dia 30 de janeiro, data de encerramento do evento, pelo site www.mostratiradentes.com.br

Longas-metragens

Uma celebração da amizade entre duas mulheres. Essa é a história do documentário “Kevin”, dirigido por Joana Oliveira, representante de Minas Gerais na competitiva da Mostra Aurora. Em pré-estreia mundial, o filme trata do reencontro da diretora, uma mulher branca, sem filhos e brasileira, e sua amiga Kevin, uma mulher negra, com dois filhos e recém instalada no seu país de origem, Uganda. 

O documentário tece a fina trama que é uma conversa entre duas amigas: as histórias do passado, os desejos, os caminhos trilhados, os diferentes modos de encarar a matéria do vivido e um elo de amor e sororidade que resiste à distância e ao tempo. Filmado em Uganda, o choque cultural, as discussões sobre o racismo, a expectativa da maternidade e a realidade do cuidado com os filhos atravessam as longas conversas. 

Pela Mostra Olhos Livres, que apresenta um recorte da programação que se notabiliza pela diversidade de olhares e formas e sem conceitos fechados ou critérios uniformizantes, o destaque é “Amador”, da cineasta Cris Ventura, que também foi responsável pela fotografia, som direto e montagem. O documentário conta a história do compositor, cantor e performer Vidigal, que vivia entre as ruas do baixo centro belo-horizontino, onde faleceu após uma crise convulsiva, pela falta de atendimento. As filmagens interrompidas pela distância geográfica, pretendiam retratá-lo apenas em condições de sobriedade, valorizando sua inteligência criativa.

Já na Mostra Tématica – Vertentes da Criação, a curadoria chama atenção para a exibição de “Negro em mim”, que tem direção, roteiro e montagem de Macca Ramos. Trata-se de um documentário investigativo com artistas e pensadores negros no Brasil de hoje. Um retrato de um país plural, a partir da discussão racial promovida por uma viagem por seis cidades brasileiras, “Negro em Mim” trás a arte, a cultura e a política como reflexão da diáspora e do devir negro no mundo.

Curtas-metragens

Em sua segunda série, a Mostra Foco exibe nesta terça-feira, a partir das 22 horas, quatro ficções de diferentes estados do país. Todos os curtas ficarão disponíveis por 48 horas.

Ratoeira”, curta catarinense de Carlos Adelino, em que a distopia e o filme pós-apocalíptico são reinventados no espaço exíguo de uma pequena oficina de reformas eletrônicas. Na coprodução (AM/PR) “De costas pro rio”, dirigido por Felipe Aufiero, vozes místicas e ancestrais trazem de volta a Manaus um homem que se afastou da própria terra. Já o curioso e instigante curta paranaense “Eu te amo, Bressan”, dirigido pelo jovem cineasta Gabriel Borges, que brinca com a metalinguagem e com os códigos do filme romântico para comentar alguns lugares comuns do cinema contemporâneo. E “4 bilhões de infinitos”, produção do mineiro Marco Antônio Pereira, retrata a magia do cinema a partir do olhar poderoso e imaginativo das crianças. 

Mostra Panorama – Os espectadores poderão prestigiar, na tela de sua preferência, uma seleção de curtas que fica disponível no site www.mostratiradentes.com.br até o dia 30 de janeiro. Nesta terça, a curadoria coloca em evidência os filmes: “Won’t you come out to play?”, da cineasta paulista Júlia Katharine, delicado melodrama caseiro sobre as complexas relações de uma filha com sua mãe, pai e meia-irmã; a ficção “Três graças”, dirigido pela capixaba Luana Laux, que observa a ciranda de sonhos e desejos de três irmãs, moradoras de uma fazenda que abriga uma fábrica de cachaça; o documentário baiano “À beira do planeta mainha soprou a gente”, da dupla Bruna Barros e Bruna Castro, com a complexa e difícil relação entre mães e suas filhas lésbicas; e o curta paulista “O jardim fantástico”, de Fábio Baldo e Tico Dias, que conta a história de uma professora que utiliza Ayahuasca com seus alunos e vê as crianças se conectarem com os poderes ancestrais da floresta.

Mostra Praça – A dica dos curadores, para esta terça é conferir, quatro produções. A ficção paulista “Você tem olhos tristes”, de Diogo Leite, destaca o trabalho precarizado de um entregador de aplicativo e seu desafio para enfrentar o racismo. O documentário pernambucano “Rebu”, um ensaio da realizadora Mayara Santana que, em primeira pessoa, narra sobre sua vivência lésbica em meio a diferentes performances de masculinidade, como a de seu próprio pai. Do Amazonas, a ficção “O barco e o rio”, de Bernardo Ale Abinader, mostra o embate entre duas irmãs que herdaram uma embarcação para sustento da família em uma comunidade de pescadores. E também o paranaense “Ela que mora no andar de cima”, de Amarildo Martins, filme em que a atriz Marcélia Cartaxo interpreta Luzia, que vira “cobaia” dos doces e quitutes da vizinha confeiteira, Carmem, numa amizade evolui para uma paixão platônica, que traz um novo sabor para os dias amargos de Luzia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tiradentes - MG

Tiradentes - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de Tiradentes - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 00h30 - Fonte: Climatempo
18°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 25°

18° Sensação
1 km/h Vento
90% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (01/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (02/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias