Quinta, 22 de Abril de 2021 16:48
32 99936-6146
Política 31 de Março

São João del-Rei: Presidente da Câmara Municipal comemora Golpe Militar de 1964

Stefânio Pires (PSL) abriu a reunião extraordinária desta quarta (31) celebrando os 57 anos da “Revolução de 64”. Lívia Guimarães e Rogério Bosco (PT) contestaram a comemoração; PSTU de SJDR divulga nota de repúdio!

31/03/2021 16h39 Atualizada há 3 semanas
1.308
Por: Thais Marques
Stefânio Pires (PSL) comemorou a
Stefânio Pires (PSL) comemorou a "Revolução de 64" durante a reunião extraordinária da Câmara Municipal desta quarta (31). Foto: Câmara Municipal de SJDR

No início da reunião extraordinária da Câmara Municipal de São João del-Rei, nesta terça-feira (31), o presidente da Casa, vereador Stefânio Pires (PSL), celebrou a data de instauração do Golpe Militar de 1964, chamando a data de “revolução de 64”.

“Bom dia a todos, senhores vereadores. Em nome de Deus, declaro aberta essa sessão extraordinária remota no dia 31 de março de 2021, dia que comemoramos 57 anos da Revolução de 64”, diz Stefânio Pires.

A vereadora Lívia Guimarães (PT), interrompeu Stefânio e exclamou que “se o senhor comemora, eu não comemoro isso não”.

O presidente da Câmara rebateu: “meu pai estava lá, então...Ele tem até medalha, felizmente”, disse Stefânio. 

Vereadores Rogério Bosco (PT) e
Lívia Guimarães (PT).
Foto: reprodução/redes sociais

Lívia novamente interrompeu dizendo que “então comemore pelo senhor”. Stefânio novamente respondeu dizendo que “o Machado (vereador) deve estar comemorando também”, e logo em seguida realiza a chamada dos vereadores presentes para a reunião. 

O vereador Rogério Bosco (PT) também disse aos demais colegas “que não está comemorando o Golpe de 64”.

Sargento Machado (PRTB) não comentou sobre a data durante a reunião.

Em repúdio à fala de Stefânio Pires, o PSTU de São João del-Rei disse que “a ditadura militar reprimiu o movimento operário, perseguiu dirigentes políticos, prendeu, torturou e assassinou opositores, tudo para garantir os lucros das grandes empresas, como as multinacionais automobilísticas que apoiaram ativamente o regime, os bancos e os EUA.”

Golpe de 64

Nesta quarta, 31 de março, completam-se 57 anos desde que o Congresso Nacional depôs o então presidente João Goulart (PTB), e uma junta militar assumiu o poder, dando início ao período de ditadura que perdurou por 20 anos no país, até 1985.

General Walter Braga Netto,
novo ministro da Defesa.
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil 

O novo ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, disse nesta quarta (31), que é preciso celebrar o golpe de Estado de 1964 como um movimento que permitiu “pacificar o país”. Segundo ele, em 1964, o Brasil enfrentava “uma ameaça real para a paz e a democracia”. A declaração consta no texto “Ordem do Dia Alusiva ao 31 de Março de 1964”, publicado no site do Ministério da Defesa. No ano de 2020, o Ministério da Defesa também fez a publicação com a mesma homenagem. 

Em decisão de 17 de março deste ano, o TRF-5 (Tribunal Regional Federal da 5ª Região) concedeu ao Exército o direito de realizar comemorações alusivas ao Golpe Militar de 1964.

O portal não conseguiu falar com o vereador Stefânio Pires (PSL).

 

Com informações do Poder 360*

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São João del Rei - MG

São João del Rei - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de São João del Rei - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 16h29 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 24°

21° Sensação
8.5 km/h Vento
40.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Sábado (24/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias