Sábado, 08 de Maio de 2021 12:21
32 99936-6146
Cidades Fiscalização

Tiradentes: Agência Reguladora encontra problemas em água fornecida pela Copasa que pode não estar potável

Prefeitura de Tiradentes diz que a companhia de saneamento tem o prazo de até 30 dias para sanar as irregularidades

09/04/2021 16h11 Atualizada há 4 semanas
1.271
Por: Thais Marques
Faixada da sede da Copasa em Tiradentes. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Faixada da sede da Copasa em Tiradentes. Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG) publicou nessa quarta-feira (08), um relatório de fiscalização da prestação dos serviços de abastecimento de água da Copasa em Tiradentes. A fiscalização constatou que o abastecimento de água para o município está sendo realizado de forma insatisfatória pela Copasa e Prefeitura afirma que a companhia possui até 30 dias para sanar as irregularidades.

Segundo a Arsae-MG, a fiscalização teve o objetivo de avaliar as condições técnico-operacionais e de atendimento aos usuários do município quanto aos padrões de qualidade na prestação dos serviços, em consonância com a legislação pertinente e, em especial, à regulamentação expedida pela Agência.

A fiscalização da Arsae constatou que o abastecimento de água na sede municipal de Tiradentes está sendo realizado de forma insatisfatória pela Copasa. De acordo com a Agência, “as frequentes ocorrências de falta d’água exigem melhorias no sistema, principalmente no bairro Residencial Recanto da Serra, onde há o maior número de reclamações sobre falta d’água, e no bairro Cascalho, onde há descontinuidade no abastecimento devido à falta de pressão na rede durante algumas horas no dia, sendo necessárias obras para garantir a continuidade do abastecimento e manter a pressão dentro dos limites estabelecidos nas normas técnicas vigentes.”

Outro problema apontado pela fiscalização, a partir dos registros de análises de qualidade da água fornecidos pela Copasa, foi “não ser possível atestar pela potabilidade da água quanto aos parâmetros físico-químicos e bacteriológicos, uma vez que o plano de amostragem não foi cumprido na saída do tratamento e na rede de distribuição. Além disso, o plano de amostragem das análises mais complexas, de frequência semestral para a avaliação do padrão organoléptico e da presença de substâncias que possam apresentar risco à saúde, também não foi cumprido.”

A Agência Reguladora afirma que as análises realizadas estão em conformidade com os limites determinados pelo Anexo XX da Portaria de Consolidação nº 5/2017, do Ministério da Saúde. O relatório completo está disponível no site da Arsae-MG.

Questionada pela nossa reportagem, a Prefeitura Municipal de Tiradentes, através de sua assessoria jurídica, informou que Prefeitura recebeu o ofício da Arsae e está dando atenção que o caso requer. “A Copasa tem o prazo de até 30 dias para sanar as irregularidades e enviar a documentação probante para a Agência Reguladora – Arsae – com cópia para a Municipalidade”, afirmou.

Procurada pelo Mais Vertentes, a Copasa não se pronunciou sobre o assunto até o fechamento desta edição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tiradentes - MG

Tiradentes - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de Tiradentes - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 12h07 - Fonte: Climatempo
19°
Pancada de chuva

Mín. 12° Máx. 22°

19° Sensação
25.5 km/h Vento
61.4% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (09/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 21°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (10/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 20°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias