Domingo, 01 de Agosto de 2021 10:28
32 99936-6146
Anúncio
Política CPIs

São João del-Rei: Stefânio, Rosina e Weriton estão atrasando as CPIs, denuncia Rogério Bosco

Vereador Rogério Bosco (PT) afirma que a Mesa Diretora e o presidente da Câmara, o vereador Stefânio Pires (PSL), estão atrapalhando a evolução da CPI dos Alimentos, assim como a implementação da CPI do Transporte Público.

06/07/2021 16h03 Atualizada há 4 semanas
347
Por: Thais Marques
A Mesa Diretora da Câmara Municipal é formada pelos vereadores (da esquerda à direita): Rosina do Moto Taxi (PSL), como vice-presidente; Stefânio Pires (PSL) como presidente e Weriton Andrade (PSL) como primeiro secretário. Foto: Reprodução/Câmara Municip
A Mesa Diretora da Câmara Municipal é formada pelos vereadores (da esquerda à direita): Rosina do Moto Taxi (PSL), como vice-presidente; Stefânio Pires (PSL) como presidente e Weriton Andrade (PSL) como primeiro secretário. Foto: Reprodução/Câmara Municip

O vereador Rogério Bosco (PT) afirmou que a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São João del-Rei tem atrasado o início das investigações da CPI dos Alimentos vencidos, assim como a implementação da CPI do Transporte Público. A acusação foi durante entrevista do vereador ao Pop News Política, na noite desta segunda-feira (05).

Rogério Bosco se posiciona a favor das investigações sobre supostas irregularidades na gestão de recursos públicos pela Secretaria de Assistência Social e dispara: “se o governo acha que não tem o que esconder, então que seja transparente e responda todos os atos.”

Rogério é um dos requerentes da CPI dos Alimentos Vencidos, que apesar de aprovada pelo presidente da Câmara, Stefânio Pires (PSL), ainda não teve o rito iniciado para as investigações. A Mesa Diretora é formada pela vereadora Rosina do Moto Taxi (PSL), que entrou na composição da CPI no lugar de Weriton Andrade (PSL), primeiro secretário e filho do prefeito Nivaldo, que foi impedido pela justiça de compor a investigação, e o presidente Stefânio.

“Se tem transparência, não há o que temer. O que pode acontecer, na minha opinião, e eu não acho que está errada, é que nós temos gasto muito tempo em averiguar os atos do governo. Só que existem formas de atrasar. Pode ser legal ou não, mas ele tem atrasado o rito da CPI que é necessária, e por ter sido detectado falhas e formas irregulares de se trabalhar", disse.

A mesma manobra também foi denunciada pela vereadora Lívia Guimarães (PT), ao portal Mais Vertentes.

Entenda a CPI dos Alimentos Vencidos

O pedido de instauração da CPI dos Alimentos Vencidos foi feito para investigar a grande quantidade de alimentos vencidos e em más condições de armazenamento encontrados na Casa Lar e na Secretaria Municipal de Assistência Social no mês de abril e supostas irregularidades na gestão da pasta, conforme noticiado em primeira mão pelo Mais Vertentes.  Em vista disso, a Comissão terá a duração de 90 dias, podendo ser prorrogada por igual período, para investigar in loco, na Secretaria de Assistência Social e demais localidades que se fizerem necessárias, os possíveis danos às finanças municipais. 

O protocolo de pedido para abertura da CPI foi realizado na Câmara Municipal no dia 20 de Abril. Após a abertura da CPI ser instaurada, o Mais Vertentes questionou aos 13 parlamentares seu posicionamento sobre a investigação. Confira aqui.

Desde então, A 1ª Vara Cível da Comarca de São João del-Rei decidiu pelo impedimento da participação do filho do prefeito na CPI, após os vereadores Fabiano Pinto (DEM), Igor Sandim (Podemos), Lívia Guimarães (PT), Professor Leonardo (PSDB) e Rogério Bosco (PT) entraram com pedido na justiça. Após a saída de Werinton, a tia da secretária investigada foi escalada para compor a Comissão

“É um absurdo e inadmissível nesse momento que nós tenhamos perdido alimentos por vencimento, sabendo que existe uma Secretaria que é responsável por distribuir esses alimentos à assistir as famílias carentes. Pior do que isso é distribuir alimentos vencidos”, afirma Rogério.

Além dos vereadores Rogério e Lívia, os vereadores Fabiano Pinto (DEM) e Igor Sandim também cobraram da Mesa Diretora o início do rito da CPI.

Vereador Rogério Bosco (PT).
Foto: Reprodução/Redes Sociais

“No momento oportuno, quando esse rito começar, esclarecimento de várias ações irregulares de acordo com a CPI que foi implantada. Só acho que não devem, por ser um desgaste maior ainda, mais tempo se toma e não se deve fazer o que tem sido feito que é atrapalhar a evolução da CPI. Ela é necessária porque, se o governo acha que não tem o que esconder, então que seja transparente e responda todos os atos. Se tem o que esconder, aí a CPI vai revelar o que está acontecendo de fato”, declara Rogério.

CPI do Transporte Público

O vereador também é um dos favoráveis à CPI do Transporte Público, que investigará a gestão do Executivo em relação ao transporte coletivo municipal e possíveis irregularidades da Viação Presidente, que atua sem licitação pública no município desde 2017. Em maio deste ano, o Mais Vertentes fez a cobertura da paralisação dos trabalhadores da Viação Presidente em reivindicação ao atraso no pagamento de benefícios e salários atrasados

Durante a negociação conturbada com os trabalhadores, o Prefeito Nivaldo novamente prometeu que a empresa não atuaria no município e, na ocasião, deu o prazo de 90 dias para nova licitação, garantindo que a Viação Presidente não concorrerá à gestão do transporte coletivo municipal. Contudo, a licitação pode demorar até dois anos para ser realizada, devido a falta de implementação do Plano de Mobilidade Urbana no município. Leia mais aqui.

Segundo o vereador Rogério, a CPI do Transporte Público está parada aguardando o aval do presidente da Câmara, Stefânio. “Pelo que eu tenho conhecimento, pode-se tramitar duas e até três CPI ao mesmo tempo, porém é uma decisão do presidente da Casa.”

“O presidente da Câmara disse em plenária que ele só implantaria uma nova CPI assim que a dos Alimentos fosse resolvida. Está na mão do presidente da Casa abrir a CPI ou não. Eu acredito que vai abrir, mas primeiro, pelo que ele disse, ele precisa resolver a questão da CPI dos Alimentos. E para isso precisamos que o rito seja soltado para que haja a CPI.”

Nossa reportagem entrou em contato com Stefânio Pires através de sua assessoria e foi informada de que em breve o vereador irá se posicionar sobre as CPIs.

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Clique aqui para mais informações sobre o nosso trabalho!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São João del Rei - MG

São João del Rei - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de São João del Rei - MG
Anúncio
São João del Rei - MG
Atualizado às 10h13 - Fonte: Climatempo
14°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 19°

14° Sensação
26.6 km/h Vento
64.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 20°

Sol com algumas nuvens
Terça (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 23°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias