Segunda, 27 de Setembro de 2021
28°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Anúncio
Polícia Crime

Caso Baependi: Sequestradores fazem mais vítimas na região e polícia segue perseguição

Os criminosos fazem novas vítimas em Ressaquinha; Polícia faz cerco na BR-040, em Conselheiro Lafaiete, sentido a BH

28/07/2021 às 12h44
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Internet / Reprodução
Foto: Internet / Reprodução

A caça aos sequestradores que fizeram duas famílias reféns segue acontecendo na região. Na tarde desta segunda-feira (26), a Polícia Militar recebeu informações sobre dois indivíduos suspeitos que estavam na estrada vicinal que liga a cidade de Ressaquinha à comunidade rural do Peixoto, um deles era branco e o outro moreno, ambos desconhecidos no local e que um deles possuía uma tatuagem no braço com o nome de “Vanessa”, como descrita por uma das vítimas do sequestro.

Os indivíduos procuraram se inteirar sobre o sentido da BR-040 e buscavam um meio de transporte: o que chamou a atenção dos moradores. Os suspeitos possuíam as mesmas características dos autores do sequestro da família de funcionários da agência bancária na cidade de Baependi, ocorrido no domingo (25).

Novas vítimas

Depois de abandonar as vítimas da cidade de Alfredo Vasconcelos, na fuga, eles fizeram um outro casal de reféns. As vítimas contaram que, ainda na parte da manhã, foram rendidas quando transitavam pelo local em seu veículo VW Fusca e levadas para a Zona rural de Ressaquinha, por dois homens, um deles armado com um revólver, onde foram mantidas, sob ameaça, no mato, até na parte da tarde.

De acordo com o casal, a mulher de 58, e o homem de 57 anos, os telefones celulares dos criminosos descarregaram e eles precisaram sair do mato para tentar contato com outros comparsas, já que o carro do casal também havia apresentado problema mecânico.

As vítimas nesse momento saíram do mato e seguiram em sentido oposto ao dos criminosos. Equipes da PM realizaram buscas em estradas vicinais, abordagens a suspeitos, contatos com moradores e contenção a fim de localizar e capturar os suspeitos, contudo eles não foram localizados.

A PM foi chamada em seguida nas proximidades, por moradores com a informação de que dois homens haviam invadido uma propriedade rural que fica perto do perímetro urbano de Ressaquinha.

Outras vítimas, um homem de 47 anos, contou que cuidava de cavalos na propriedade, quando viu os suspeitos, um deles amado, saírem de uma casa de caseiro, sendo abordado e agredido na cabeça com duas coronhadas.

Os autores exigiram ajuda para sair dali, tomando o celular da vítima, tentando fazer ligação, mas sem sucesso. Algum tempo depois, a segunda vítima, um homem de 56 anos, chegou e foi ameaçada pelo suspeito armado. Ele disse ter ido ao local cuidar dos animais. Após serem rendidas, as vítimas foram levadas para a cozinha do sítio, onde foram amarradas e amordaçadas. Os autores determinaram que as vítimas deveriam esperar uma hora para se soltar, caso contrário, mandariam alguém para matá-los.

Os autores se apossaram das motocicletas das vítimas, uma Yamaha Lander 250, cor azul e branca, e uma Honda CG Titã 125, cor vermelha, ambos veículos emplacados em Ressaquinha. Eles ainda pegaram as roupas que as vítimas usavam e fugiram para Belo Horizonte, levando também os telefones celulares e instrumentos de trabalho e canivetes dos homens rendidos.

As vítimas foram assistidas no Pronto Socorro local e liberadas. O veículo do casal foi removido para o pátio do depósito credenciado.

O cerco

Foi feito acionamento de cerco e bloqueio em toda a região sendo confirmada a passagem dos bandidos no pedágio da BR-040, em Conselheiro Lafaiete, sentido à BH.

Com informações: Barbacena Online

 

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias