Segunda, 27 de Junho de 2022

Muitas nuvens

São João del Rei - MG

Antena ANTENA!

São João del-Rei: PSDB trabalhando para o PSL?

Com o PSDB nacional/municipal rachado e psdbistas migrando para outros partidos, resta saber quem será o último a descer do palco nas próximas eleições

12/08/2021 às 16h53 Atualizada em 12/08/2021 às 23h44
Por: Adriano Vianini
Compartilhe:
São João del-Rei: PSDB trabalhando para o PSL?

Nesta sexta-feira (13) faz quatro meses desde que o Mais Vertentes e os vereadores Igor Sandim (Podemos) e Lívia Guimarães (PT) denunciaram que "Crianças e adolescentes da Casa Lar estavam comendo alimentos vencidos". Dois dias após, conforme apurado pelo Mais Vertentes, confirmou-se a denuncia de que o alimentos vencidos poderiam ter sido enviados pela Secretaria Municipal de Assistência Social de São João del-Rei.

Após os fatos, o picadeiro político municipal ficou cheio de artistas que eram a favor, contra ou em cima do muro em relação a CPI dos 'Alimentos Vencidos'. Porém, como já sabemos, e denunciado por vereadores da oposição ao prefeito Nivaldo de Andrade (PSL), a Mesa Diretora da Câmara ca*** e sentou mesmo em cima do processo e insiste na permanência do filho do prefeito, e primeiro secretário da Mesa, Weriton Andrade (PSL), na CPI.

E no picadeiro político, no entra e sai de cena, surge o PSDB, na figura do Procurador Geral da Câmara Municipal de São João del-Rei, Marcus Vinicius Rozzeto Silva, realizar o Agravo para defender seus superiores, o presidente da Câmara Municipal, Stefânio Pires, e o filho do prefeito, o vereador Weriton Andrade, ambos do PSL. Ironia da vida? Ou, se não podes com eles, junte-se a eles? Ou, Toma Lá da Cá do Legislativo já divulgado por esta coluna?

Imperioso dizer que no Agravo - recurso judicial que permite ao Juiz, em certos casos, rever sua decisão anterior - foi realizado pelo advogado Marcus Rozzeto (Psdbista  trabalhando para o PSL), em 7 de junho de 2021, após decisão liminar proferida pelo MM. Juiz de Direito da 2a Vara Cível da Comarca de São João del-Rei, Dr. Armando Barreto Marra. Na liminar em favor dos vereadores da oposição, o Juiz determinou que Câmara Municipal substituísse o vereador Weriton Andrade da CPI “dos alimentos”, pois segundo o Juiz, "existe flagrante violação ao direito líquido e certo dos impetrantes zelarem pela lisura, retidão, efetividade e eficiência dos trabalhos a cargo da Comissão Parlamentar de Inquérito".

Voltando ao Agravo enviado aos desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), em Belo Horizonte, o Procurador Geral da Câmara contesta a decisão proferida pelo MM. Juiz Armando Barreto Marra, e pede que "a discussão que se trava neste mandado de segurança consiste em saber se o Presidente da Casa Legislativa [Stefânio Pires], ao indicar o vereador Weriton Andrade para participar da CPI como membro, aplicou ou não corretamente as normas regimentais. Neste sentido, e em conformidade com a argumentação alinhavada, deve a presente liminar ser cassada uma vez que o ato discricionário praticado pelo Presidente da Câmara Municipal de São João del-Rei está de acordo com o que preceitua o Regimento interno desta Casa legislativa, uma vez que além de ser defeso a interferência do Poder Judiciário nas questões interna corporis, o respectivo ato não possui qualquer vício capaz de realização do ato praticado em conformidade com o que preceituam, as Súmulas no: 346 e no:4t73, ambas do Supremo Tribunal Federal".

Não se sabe, até o fechamento desta edição, se o TJMG já deferiu alguma sentença. Mas na política do 'Pão e Circo São-Joanense' é cômico presenciar algo tão kafkiano.

Com o PSDB nacional/municipal rachado e psdbistas migrando para outros partidos, resta saber quem será o último a descer do palco nas próximas eleições.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias