Segunda, 24 de Janeiro de 2022
22°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Saúde Covid-19

Conselheiro Lafaiete: Seguindo processo estadual, Hospital de Campanha da cidade será desativado

Prefeito Mário Marcus (DEM) garante que não há risco da população ficar sem assistência

01/09/2021 às 13h48 Atualizada em 01/09/2021 às 13h51
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Hospital de Campanha de Conselheiro Lafaiete. Foto: Reprodução / Fato Real
Hospital de Campanha de Conselheiro Lafaiete. Foto: Reprodução / Fato Real

O prefeito Mário Marcus (DEM) na manhã desta quarta-feira (01) em entrevista ao Jornal Falado Carijós confirmou que o Hospital de Campanha de Conselheiro Lafaiete seria desativado. O gestor municipal confirmou a intenção da Superintendência Regional de Saúde, Ministério Público e Secretaria de Saúde do Estado de desmobilizar diversos hospitais temporários de Minas Gerais.

O prefeito disse que as tratativas ainda estão em andamento, mas garante que não há risco da população de Conselheiro Lafaiete ficar sem assistência. Isto porque, é planejada a criação de mais leitos no Hospital e Maternidade São José, que receberia esta demanda, também pelo Sistema Único de Saúde. Informações extra oficiais apontam que a desativação deve ocorrer até o final desta semana.

O hospital São Camilo, diversas vezes no último ano, pediu a volta de sua sede. Com o fechamento do Hospital de Campanha, ele poderia tê-la de volta. Mário Marcus destacou que, caso haja um agravamento da pandemia na cidade, o São Camilo assumiria a responsabilidade pelos casos de Covid.

Com informações: Fato Real

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias