Sábado, 27 de Novembro de 2021
17°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Meio Ambiente Incêndio

Prados: Polícia do Meio Ambiente multa em mais 3,8 milhões o autor dos incêndios na Serra de São José

A PM identificou o fazendeiro que iniciou fogo na Serra de São José com base em testemunhas do local, que chegaram a alertar para o risco, mas autor seguiu com a queimada

17/09/2021 às 14h38 Atualizada em 22/09/2021 às 22h29
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Divulgação / PMMAmb
Foto: Divulgação / PMMAmb

A Polícia Militar de Meio Ambiente identificou, nesta quinta-feira (16), o cidadão que teria provocado o incêndio florestal na serra de São José. A queimada durou 07 dias, atingindo uma área de 925 hectares, nas zonas rurais dos municípios de Coronel Xavier Chaves e Prados. O autor, de 44 anos, é de Belo Horizonte e foi identificado por testemunhas que presenciaram o início do incêndio, no Povoado Planalto de Fátima.

O incêndio florestal causou a destruição da vida animal e vegetal no entorno e dentro dos limites das unidades de Conservação Refúgio Estadual de Vida Silvestre Libélulas e na área de proteção ambiental. Foi lavrado pela Polícia Militar de Meio Ambiente, uma multa no valor total de R$ 3.830,679,02 (três milhões, oitocentos e trinta mil, seiscentos e setenta e nove reais e dois centavos).

Logo, ele perdeu o controle sobre o fogo, que destruiu 510 hectares da unidade de conservação e mais 415 hectares do entorno da área. O fogo atingiu diversas plantações de várias fazendas, gerando grandes prejuízos às atividades agrícolas da região. Além da multa o autor responderá por 02 crimes: o do incêndio florestal e outro pelos danos patrimoniais. Não foi realizada a prisão em flagrante do autor, tendo em vista que no ato da fiscalização, não foi localizado.

Segundo o sargento, o homem ainda pode recorrer da multa. “Caso ele não vença o processo, poderá dividir a multa em até 60 parcelas. Se não conseguir pagar, ele permanecerá em dívida ativa com o Estado, e seus bens serão penhorados”, afirma o policial.

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias