Sábado, 16 de Outubro de 2021
20°

Pancada de chuva

São João del Rei - MG

Esportes Jogos Universitários

Minas Gerais: Alunos-atletas representam o estado na Edição Nacional de Jogos Universitários

Alunos de diversas modalidades e universidades do estado revelam seus desejos e dificuldades para se prepararem para a competição; saiba como acompanhar os jogos deste ano

08/10/2021 às 09h34
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)
Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)

Nos próximos dias, mais de 100 estudantes-atletas de Minas Gerais, de 19 instituições de ensino superior, viajam para Brasília (DF), onde ocorrerá, entre os dias 10 e 18 de outubro, a edição 2021 dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). Esses estudantes, que são de universidades do estado, competirão em diferentes modalidades esportivas: acadêmico, atletismo, judô, karatê, taekwondo, wrestling, xadrez, natação, basquetebol, futsal, handebol, voleibol e e-sports (CS:GO, Free Fire e Futebol Eletrônico).

Para o estudante de Educação Física da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Pedro Martins, que  irá concorrer nas provas de salto triplo e 400 metros rasos, essa será a primeira vez dele nos Jogos Universitários, mas está esperançoso com a chegada do evento e comentou sobre a pandemia. "A pandemia impactou bastante nos treinamentos e na preparação como um todo. Mas nesses últimos meses, graças a reabertura da universidade, conseguimos treinar com qualidade", pontua.

Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)

Questionado sobre os efeitos do distanciamento social em tempos de pandemia no ritmo de treinos, o estudante de Educação Física da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Francisco Lima, que vai competir na modalidade de atletismo no evento de 2021, expõe: “eu vou competir lá (nas provas) de 5 mil metros e 10 mil metros, (então a pandemia) não atrapalha tanto, porque a gente consegue treinar em outros lugares, como a rua e a estrada". 

Embora já tenha experiência como atleta há anos e tenha ganho prêmios em outras competições de atletismo, essa é a primeira vez que Francisco Lima participa de uma competição universitária nacional. Ele quer fazer uma boa prova durante os Jogos Universitários Brasileiros e sinaliza esperança com o pódio: “Espero dar o meu melhor e, quem sabe, ganhar uma medalha!”.

Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)

Estudante do curso de Gestão em Serviços de Saúde na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), essa é a terceira vez que Clarice Guimarães, que faz parte do time de basquetebol, vai ao JUBs. Atleta de uma modalidade de esporte coletivo, a universitária afirma que os treinos tiveram que ser individuais, por um tempo, e adaptados por causa da pandemia. 

"Quando percebi que não seriam ‘14 dias em casa’ (de distanciamento social recomendado), aí corri atrás de um profissional pra me auxiliar", comenta, revelando que realizou treinos em casa durante todo o ano de 2020 com o auxílio remoto de uma professora de Educação Física. "Já quando abriu o uso de quadras em Belo Horizonte, aí a gente começou a fazer uma 'pelada', reunindo tanto pessoas da nossa equipe, quanto outras meninas de Belo Horizonte que quisessem jogar basquete e aí a gente foi jogando, com o uso de máscara e tudo mais", complementa.

Clarice afirma que está muito animada com a edição nacional do evento, que reunirá representantes de todos os estados. "É uma possibilidade de interação muito grande, muito além do esporte. Tem também a questão da socialização e de ver como está a campanha dos outros estados em relação ao esporte. É uma experiência engrandecedora e muito importante para quem está na universidade", avalia.

Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)

Outro estudante-atleta que representará Minas Gerais no JUBs 2021 é o Matheus Silveira, que cursa Educação Física na UFMG. Sendo atleta de Futebol Eletrônico (FIFA), ele confirma que os treinos não foram tão impactados pelo avanço do novo coronavírus – já que, ficando em casa, ele tem acesso ao videogame. 

Mas Matheus pontuou que a parte psicológica foi afetada. "Por questão de estar sempre em casa, acaba que você fica sempre com isso na cabeça e fica até prejudicado, de certa forma, do ponto de vista psicológico", reflete. Na última edição, Matheus terminou em 4º lugar geral na modalidade disputada.

Todos os estudantes demonstraram expectativa com a chegada do evento. O sentimento é reforçado por Wellington Oliveira, presidente da Federação Universitária Mineira de Esportes (FUME). “Esporte é isso: ao mesmo tempo que faz bem para a saúde física, contribui também com a parte psicológica e de socialização. Estamos muito felizes com a realização do JUBs e com a chance de representar, mais uma vez, nosso estado nesse evento nacional”, frisou Wellington.

Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)

Edição excepcional

Realizada pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), essa é a primeira vez que o tradicional evento é realizado desde o início da pandemia. Por isso, como explicado pelo presidente da FUME, medidas de prevenção contra o novo coronavírus serão aplicadas durante as competições, que não contarão com a presença de público.

“Todos os membros da delegação, seja atleta ou dirigente, serão testados antes do início do evento, onde a máscara e o distanciamento também são recomendados”, reforça Wellington.

Considerado como a maior competição universitária da América Latina, o JUBs chega, em 2021, a sua 68ª edição.

Crédito das imagens: Divulgação / FUME (arquivo)

Serviço

Quem quiser acompanhar a participação da delegação de Minas Gerais, durante o JUBs 2021 – Brasília, pode seguir a Federação Universitária Mineira de Esportes (FUME) nas mídias sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/FUMEMG/

Facebook: https://www.facebook.com/fumeoficial

Twitter: https://twitter.com/fumeoficial

Com informações: Assessoria de Comunicação - FUME

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias