Sábado, 16 de Outubro de 2021
20°

Pancada de chuva

São João del Rei - MG

Cultura Feira Literária

2ª FLITI: Autor e Ilustrador Roger Mello é um dos homenageados na 2ª edição da Feira Literária

Em entrevista exclusiva ao Mais Vertentes, o artista falou um pouco sobre sua infância, como é escrever para os públicos infantil e juvenil e como anda o incentivo a leitura no Brasil

13/10/2021 às 15h45 Atualizada em 13/10/2021 às 17h02
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Internet / Reprodução
Foto: Internet / Reprodução

Começa nesta quinta-feira (14), a 2ª edição da Feira Literária de Tiradentes (FLITI) que, neste ano, homenageará a escritora Paula Pimenta e o ilustrador Roger Mello. Com exclusividade, para abrir com chave de ouro esta edição, o Mais Vertentes conversou com os homenageados. Paula Pimenta também conversou com nossa equipe. Leia aqui!

Nascido em Brasília, Roger Mello formou-se pela Escola Superior de Desenho Industrial da UERJ. “A palavra desenho sempre foi muito forte pra mim”, conta o ilustrador, que conta ter desenhos guardados de quando ainda tinha 3 anos. “Desde criança era muito natural pra mim, porque, muito cedo, eu desenvolvi uma relação com livros, muito forte”, comentou Mello.

Ao relembrar a infância, Roger Mello lembra que entre seus livros havia muitos quadrinhos, em uma época onde livros eram “quase proibidos”, uma vez que Roger passou sua infância no período ditatorial brasileiro. “Eu sempre digo que antes do desenho e da escrita, na humanidade, surge o traço e esse é o elemento que me norteia desde o princípio”, conta.

Escrevendo para crianças e jovens

No início de sua carreira, Roger Mello trabalhou ao lado de Ziraldo (homenageado na 1ª edição da FLITI), na Zappin, e também dedicou-se ao desenho animado. Hoje, já com mais de 100 livros ilustrados, todo o seu talento e sensibilidade resultaram em algumas premiações. Como, por exemplo, o prémio Jabuti na categoria de literatura infantojuvenil. Quando questionado sobre a escolha do público, o ilustrador nos revela que o termo correto seria “Infantil e Juvenil”, já que, segundo ele, o período infantojuvenil é de difícil definição.

“Eu desenho pra mim, porque o entregar para o outro, nas artes gráficas, é sempre um gesto contraditório. E a maior contradição é quando você pensa no público, ou infantil, ou juvenil, ou adulto, para quem escreve ou desenha; eu penso assim, você não pode pensar no público, porque aí você faria um livro para ninguém”, responde o ilustrador que ressaltou ainda que essas definições por faixa etária “ será sempre uma ideia preconceituosa, já que crianças são individualidades”.

Premiações e Homenagens

Como citado anteriormente, Mello recebeu o prêmio Jabuti nas categorias de literatura infantojuvenil e ilustração, com Meninos do Mangue; o prêmio suíço Espace Enfants e foi o primeiro ilustrador brasileiro a ser indicado para a final do Prêmio Hans Christian Andersen - prêmio mais importante da literatura infantojuvenil - em 2010 e 2012, tendo vencido em 2014. 

Mesmo reconhecido internacionalmente, Roger falou que a importância de ser homenageado na FLITI “é total”. “Para mim é uma homenagem pessoal, mas também a todos os Artistas Visuais Narrativos do Brasil, e do mundo”, conta o ilustrador que levantou o ponto de que a Feira Literária de Tiradentes, desde sua primeira edição em 2020, traz como diferencial a valorização da Arte Visual Narrativa, comparando com feiras internacionais. “O livro, desde a antiguidade, é a casa da palavra e da imagem”, apontou.

Para ele, “a cidade de Tiradentes funciona exatamente como um livro interativo de História. Não só falando de ancestralidade ou passado colonial”. Mello comentou que admira a organização do evento, por promover uma interação com a cidade, ligando o humano e a natureza. “Então eu agradeço muito a FLITI, por essa homenagem. Não só a mim, mas a todas as pessoas que desenham imagem narrativa”, concluiu.

Livro "Enreduana".
Foto: Divulgação / Companhia das Letras

Enreduana e seu lançamento

“A flor do lado de lá”, “Selvagem” e "W'' são algumas das famosas obras de Roger Mello, que serão apresentadas na FLITI em seu último livro “Enreduana”, pela Companhia das Letras. O livro foi desenvolvido em parceria com a ilustradora Mariana Massarani, primeira pessoa a assinar um texto na História. "Uma mulher de 4.300 anos atrás. Ou seja, a primeira pessoa a fazer poesia é uma mulher, mesopotâmica e não-branca. E essa mulher foi deixada subtraída da história da Literatura”, conta o autor.

“A sociedade baniu a mulher como artista em várias categorias, como na pintura, nas letras e na filosofia”, conta o autor que revela que a ideia é resgatar essa história para as crianças e jovens, além de ser uma homenagem para essa que é precursora da Literatura.

Incentivo à leitura no Brasil

Roger Mello afirma que o “Brasil vinha avançando muito neste campo”, com feiras por todo o país, congressos e discussões. “De lá pra cá o que a gente teve foi um grande desestímulo”, lamentou. Mello conta que trabalhar com livro é complexo e com várias especificidades, uma vez que isso interfere no incentivo à leitura e na formação como cidadão.

Mello afirma ainda que esse “passado recente” de incentivo resultou em “sementes”, mas que “o desestímulo é total. As feiras, bibliotecas, acervos e livrarias, todos os elementos que formam a cadeia do livro foram afetados pela falta de estímulo de um governo que parece não ter interesse na formação de um público leitor”.

Para ele, a FLITI surge como um diferencial. “Com todas as dificuldades, a FLITI contínua de velas içadas e com essa força contra toda a corrente que puxa pra trás. Mais um motivo de ter um  grande amor pela FLITI”, concluiu.

Roger Melo participa de bate-papo "O pensamento e o traço: a arte narrativa no mundo", no dia 14 de outubro às 11 horas, na Arena Literária. E ainda volta a participar da "Mesa dos Ilustradores: Os labirintos da imagem" no dia 16 de outubro às 12 horas.

 

Volnei Canonica e Roger Mello, em exposição de 2017.
Foto: Divulgação

Roger Mello é casado com Volnei Canônica, que é Presidente do Instituto de Leitura Quindim, além de Diretor do Clube de Leitura Quindim e ex-diretor de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, do Ministério da Cultura, e que também estará na 2ª Edição da Feira Literária de Tiradentes.

Veja a programação completa aqui!

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tiradentes - MG
Tiradentes - MG
Sobre o município Notícias de Tiradentes - MG
São João del Rei - MG Atualizado às 11h48 - Fonte: ClimaTempo
20°
Pancada de chuva

Mín. 17° Máx. 24°

Dom 21°C 14°C
Seg 19°C 13°C
Ter 17°C 12°C
Qua 18°C 11°C
Qui 23°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias