Domingo, 28 de Novembro de 2021
19°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Cultura Leitura

Tiradentes: Volnei Canônica lança seu livro de estreia “Tanta chuva no céu” na 2ª FLITI

O livro conta sobre ausências da infância; o autor ainda fala sobre as ilustrações do equatoriano Roger Ycasa e faz previsões de lançamentos para 2022

16/10/2021 às 19h54 Atualizada em 18/10/2021 às 15h57
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Na foto, Volnei Canônica durante o lançamento de seu livro
Na foto, Volnei Canônica durante o lançamento de seu livro "Tanta chuva no céu". Foto: João P. Sacramento

Na manhã chuvosa deste sábado (16), o autor Volnei Canônica lançou seu livro “Tanta chuva no céu”, na 2ª edição da Feira Literária de Tiradentes. O livro tem ilustrações do equatoriano Roger Ycaza e foi premiado na Rússia. “Tanta Chuva no Céu” é o livro de estreia do presidente do Instituto de Leitura Quindim. 

O livro, que trata sobre a temática de perdas na infância, pode parecer um assunto pouco infantil, mas o autor discorda. “Parece um tema pesado, um tema triste, mas a verdade é que, desde o momento que a gente nasce a gente acumula ganhos e perdas. E a criança não é diferente disso”, afirmou Canônica, em entrevista ao Mais Vertentes.

Volnei Canônica conta que o livro foi pensado após uma conversa com uma amiga do escritor, que sonhou com a ausência dos pais. Segundo o autor, o livro não era para ser apresentado na pandemia, mas acabou sendo lançado no início de 2020. “Quando a gente fala da ausência na infância, a criança sente isso quando perde um brinquedo, ou ele quebra. Isso é uma morte”, explicou o autor, que ainda afirmou que “deixar a criança sem essa temática, é deixar a criança sem repertório e a literatura vem nos dar esse acúmulo de experiências. Essa é uma temática primordial para a infância”.

"Tanta chuva no céu", de Volnei Canônica.
Foto: Reprodução

Com ilustrações de Roger Ycasa, o livro foi um dos ganhadores do Image of the Book, no XIV Concurso Internacional de Ilustração e Design de Livros. A premiação é realizada pelo Ministério de Desenvolvimento Digital, Comunicações e Mídia de Massa da Federação Russa, em parceria com a Associação de Ilustradores e Designers de Livros da União de Artistas de Moscou.

Sobre o ilustrador, Volnei Canônica afirma que “quando eu vi o trabalho do Roger Ycasa, eu pensei: ‘esse traço eu queria que as crianças tivessem acesso’. O Roger Ycasa tem uma sensibilidade”.

Em março deste ano, “Tanta Chuva no Céu” foi anunciado como um dos 13 escolhidos para receber o prêmio Selo Distinção Cátedra Unesco de Leitura. A honraria é dada pelo Instituto Interdisciplinar de Leitura PUC-Rio (iiLer) e pela Cátedra UNESCO de Leitura PUC-Rio, com o compromisso de registrar o melhor da produção em Literatura Infantil e Juvenil, considerando a pluralidade da produção.

Para 2022, Volnei Canônica planeja o lançamento de três livros e afirma que vai seguir com temáticas mais densas sobre os sentimentos na infância. “Criança sofre, ela precisa criar esse repertório. Peter Pan, que é um dos símbolos da criança e que não cresceu, não cria memórias e ele não cresce. E a gente precisa crescer”, concluiu o autor.

Na foto, Volnei Canônica durante entrevista exclusiva para o Mais Vertentes.
Foto: Roger Mello 

Sobre o incentivo à leitura no Brasil, Volnei aponta que “tem muita gente trabalhando e estão preocupados com a promoção da leitura e dar acesso ao livro e à leitura. Nos últimos tempos, a gente perdeu. São tempos ruins. A gente tá vendo editoras e bibliotecas fechando, mas ao mesmo tempo ainda tem quem queira entregar um livro. É claro que a gente não consegue sozinho, sem o apoio do estado”.

Dica para novos escritores

“Leiam muito”, soltou Canônica sobre a dica para novos escritores. Segundo o autor, “tudo já foi escrito, o que muda nessa escrita é o olhar , a perspectiva de onde você está”. “Não queira ser audacioso. Achar que seu olhar é o olhar inaugural. Porque na verdade, o seu olhar é um olhar viciado. Então a gente precisa nos alimentar de outros que nos antecederam”, concluiu o autor.

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias