Domingo, 28 de Novembro de 2021
17°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Polícia Tentativa de estupro

Santa Rita do Sapucaí: Proprietária de loja sofre tentativa de estupro dentro do próprio estabelecimento

A vítima relatou que o homem pediu que ela entrasse no provador 'em tom de ameaça', enfiou a mão dentro da sua calça e fugiu quando ela começou a gritar; a Polícia Militar informou que irá investigar o caso

12/11/2021 às 15h05
Por: Thais Marques
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma proprietária de uma loja de roupas sofreu uma tentativa de estupro dentro do próprio estabelecimento em Santa Rita do Sapucaí, no Sul do Estado, nessa quinta-feira (11). Imagens da câmera de vigilância da loja confirmaram a versão da vítima e, até o momento, o autor não foi localizado. Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Militar.

Segundo a vítima, de 27 anos, um homem “alto e gordo” entrou na loja e questionou se havia peças masculinas. Quando ela foi mostrar as roupas, o suspeito fez ameaças e pediu que ela entrasse no provador da loja.

Com medo, já que ele estava com uma sacola e poderia portar alguma arma, a vítima seguiu até o local. Dentro do provador, o homem pediu que ela tirasse as calças. Como se negou, o autor forçou a situação e colocou a mão dentro da calça da vítima, na região da genitália. O botão da calça dela chegou a ficar danificado.

Em seguida, a vítima começou a se debater e gritar. Com isso, o autor fugiu do local a pé. As câmeras de vigilância registraram o momento que o homem entrou na loja e a levou para o provador. De acordo com a Polícia Militar, as imagens confirmaram a versão da vítima. A corporação realizou buscas na região para tentar localizar o homem, porém, até o momento, ele não foi localizado.

No decorrer da ação, a vítima divulgou as imagens em sua rede social. Com isso, uma adolescente, de 17 anos, ao ver o vídeo, disse que um homem com as mesmas características entrou em uma loja de agropecuária e passou a mão em suas nádegas.

Por meio de câmeras de vigilância local, a polícia identificou que o homem entrou em uma farmácia, conversou com o gerente da loja e reimprimiu um cupom fiscal por volta das 10h04. A Polícia conseguiu dados do cartão usado para a compra, porém o cupom não tinha o nome do comprador.

Durante as diligências, a corporação recebeu informações, incluindo a identidade do suposto autor dos crimes. Na sequência, as vítimas o reconheceram por meio de fotografias. Com isso, a polícia seguiu para Pouso Alegre, também no Sul de Minas, e conversou com a esposa e o enteado do suspeito. O homem não estava no local e eles não quiseram informar seu paradeiro. A esposa e o enteado disseram apenas que ele se apresentaria acompanhado de seu advogado.  

A PM realizou buscas no imóvel, porém o autor não foi localizado. A Polícia informou que o caso será investigado.

 

Com informações: Rádio Itatiaia*

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias