Sábado, 27 de Novembro de 2021
19°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Concursos Concurso Público

São João del-Rei: Vereadores entram com Ação Popular e representação no MPMG para apurar denúncias do Concurso Público

A Frente Parlamentar formada pelos vereadores Fabiano Pinto (DEM), Igor Sandim (Podemos), Lívia Guimarães (PT), Professor Leonardo (PSDB) e Rogério Bosco (PT) informou que a decisão sobre o Concurso Público Municipal está a cargo da justiça.

16/11/2021 às 14h25 Atualizada em 16/11/2021 às 15h03
Por: Thais Marques
Compartilhe:
Vereadores da Frente Parlamentar: Fabiano Pinto (DEM), Igor Sandim (Podemos), Lívia Guimarães (PT), Professor Leonardo (PSDB) e Rogério Bosco (PT). Foto: Reprodução/Câmara de São João del-Rei
Vereadores da Frente Parlamentar: Fabiano Pinto (DEM), Igor Sandim (Podemos), Lívia Guimarães (PT), Professor Leonardo (PSDB) e Rogério Bosco (PT). Foto: Reprodução/Câmara de São João del-Rei

Os vereadores Fabiano Pinto (DEM), Igor Sandim (Podemos), Lívia Guimarães (PT), Professor Leonardo (PSDB) e Rogério Bosco (PT) informaram nesse domingo (14), através das redes sociais, que a Frente Parlamentar, formada pelos mesmos, entrou com uma Ação Popular e representação no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para apurar as denúncias sobre o Concurso Público da Prefeitura Municipal de São João del-Rei. De acordo com os vereadores, a decisão sobre o Concurso Público "está a cargo da justiça". Conforme divulgado pelo Mais Vertentes dezenas de candidatos denunciaram problemas ocorridos durante as provas realizadas nos dias 24, 30 e 31 de outubro no Concurso Público Municipal. 

De acordo com os vereadores, por meio da Ação Popular foi pedida uma liminar sobre o caso, mas que o Juiz de Direito, Dr. Armando Barreto, "optou por não concede-la, alegando que precisaria de mais provas documentais" e que "o Ministério Público irá se manifestar nos autos e a decisão sobre o concurso está a cargo da justiça".

No dia 04 de novembro, os vereadores da Frente Parlamentar já haviam adiantado através de nota nas redes sociais que devido o grande número de reclamações sobre a realização Concurso Público realizado pela Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBGP), e a Prefeitura Municipal de São João del-Rei, que chegaram até seus gabinetes e que foram divulgadas pela imprensa, que as denúncias serão apuradas afim de garantir que "nenhum cidadão que prestou o concurso seja prejudicado".

Na mesma ocasião, o presidente da Câmara, vereador Stefânio Pires (PSL), responsabilizou durante uma entrevista o IBGP que, segundo ele, "é a único e exclusivo responsável pela prova e pelo Concurso", e que "aguarda o momento certo para agir em relação às denúncias". Confira a entrevista na íntegra aqui. 

Já o prefeito de São João del-Rei, Nivaldo de Andrade (PSL), informou no dia 03 de novembro que "não foi informado sobre nenhuma reclamação", que a prefeitura não é responsável pela criação das provas e "quem se sentiu prejudicado, leva na promotoria, na Polícia, onde quiser". Contudo, o prefeito afirmou que "caso ele identifique alguma irregularidade, entrará com um pedido junto à Justiça".

Até o momento, a Prefeitura não realizou um novo pronunciamento sobre o Concurso Público Municipal.

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias