Quinta, 20 de Janeiro de 2022
20°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Polícia Chame a Frida

Barbacena: Projeto da Polícia Civil busca facilitar denúncias de violência doméstica contra mulheres

Por meio do atendimento virtual, as vítimas e outros solicitantes também podem encaminhar vídeos, áudios, gravações, fotos e demais materiais para fins de provas de crimes de violência doméstica e familiar

26/11/2021 às 15h32 Atualizada em 26/11/2021 às 16h58
Por: Thais Marques
Compartilhe:
Foto: Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais
Foto: Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais

O “Chame a Frida”, projeto da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e destinado ao atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar foi implementado em Barbacena nesta semana. O projeto, que visa o atendimento às vítimas e incentiva a formalização de denúncias tramita pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e, caso aprovado, o atendimento virtual será realizado em todo o Estado.

Em entrevista à Rádio Sucesso nessa quarta-feira (24), a  Delegada Flávia Murta, da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Barbacena, disse que o projeto visa, através da tecnologia, auxiliar e incentivar as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar a formalizarem denúncias contra seus agressores.

Segundo a Delegada, há um alto número de mulheres que não formalizam suas denúncias de violência por não quererem se expor, por até mesmo se sentirem envergonhadas. Flávia explicou também como será o funcionamento do aplicativo na prática para combater a violência e incentivar as denúncias.

“Estamos utilizando da tecnologia. O projeto é um número de Whatsapp em que a vítima faz contato com a Polícia Civil e, como nós já sabemos quais são as dúvidas recorrentes, a Frida já possui perguntas e respostas pré-programadas. É uma forma de manter um diálogo com uma atendente virtual. Você não conversa com ela por telefone, nem por áudio e sim por mensagem, onde ela pergunta e te sinaliza qual a resposta você vai dar e de acordo com a resposta da vítima ela vai fazendo outras perguntas. Dessa forma, ela consegue sanar as dúvidas”, explicou. 

Delegada Flávia Murta, chefe da  1ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Barbacena. Foto: Reprodução/PCMG

A Delegada afirma que há alguns anos atrás, esse tipo de debate era invisível, mas que agora não mais. “Nós mulheres precisamos apoiar umas as outras, incentivando as denúncias. As mulheres não podem permitir nenhum tipo de violência na relação conjugal, na relação com namorados e na relação familiar. A Frida não é a solucionadora de todos os problemas, ela é mais uma ferramenta disponível para a mulher, para que ela se sinta à vontade para fazer as perguntas e tirar suas dúvidas”.

Para finalizar, Flávia Murta ressaltou que todos os projetos que estejam ligados a esses casos e que sejam progressivos e importantes para o combate à violência da mulher, serão implementados em Barbacena para que as mulheres possam se sentir seguras para que tenham uma vida em paz, sem violência.

Chame a Frida

De acordo com o governo de Minas, a ideia do Chame a Frida é levar a delegacia até a vítima e incentivar, de forma prática, a denúncia, possibilitando inclusive o registro de ocorrência quando a mulher estiver impedida de comparecer à unidade policial. Por meio do atendimento virtual, as vítimas e outros solicitantes também podem encaminhar vídeos, áudios, gravações, fotos e demais materiais para fins de provas de crimes de violência doméstica e familiar.

O projeto foi implantado pela PCMG, pela primeira vez, em Manhuaçu, Zona da Mata, em abril de 2020 e já funciona em Barbacena, Betim, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Lagoa Santa e em breve será implantado em Ouro Preto. O Projeto de Lei 2.149/2020, que institui o Chame a Frida, já foi aprovado em primeiro turno pelos deputados mineiros e a expectativa é de que o atendimento virtual seja expandido a todo o Estado.

Como denunciar

Os atendimentos virtuais do Chame a Frida acontecerão em Barbacena de egunda à sexta-feira, nos horários de 08h30 às 12h00 e de 14h às 18h00, através do WhatsApp (31) 9 9387-4041.

1ª Delegacia Regional de Polícia Civil - Barbacena. R. Vitório Meneghin, nº 210. Telefone: (32) 3339-3000

180 - Central de Atendimento à Mulher - Disque denúncia

100 - Disque Direitos Humanos

190 - Polícia Militar

Delegacia Virtual do Estado de Minas Gerais - Clique aqui.

Aplicativo MG Cidadão - Saiba mais informações aqui.

 

Leia mais: São João del-Rei: Nova delegada pede as mulheres que não se calem e denunciem violência doméstica

 

Com informações: Barbacena Online*

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Clique aqui para mais informações sobre o nosso trabalho!

É importante lembrar que em Barbacena, a Polícia Civil possui uma delegacia especializada no atendimento à mulher. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias