Google Adsense Topo
Jorginho Hannas

Câmara Municipal de SJDR marca para dia 3 a votação para julgamento da perda de mandato de Jorginho Hannas

Pedido de renúncia do vereador não foi aceito pela Câmara devido ao processo da Comissão de Ética. Pode ser o primeiro vereador cassado em SJDR!

28/02/2020 15h12Atualizado há 1 mês
Por: Adriano Vianini
1.574
Jorginho Hannas poderá ser o primeiro vereador cassado na história de SJDR. Foto: Reprodução
Jorginho Hannas poderá ser o primeiro vereador cassado na história de SJDR. Foto: Reprodução

O presidente da Câmara Municipal de São João del-Rei, Igor Sandim (Podemos), intimou a todos os vereadores para a Audiência de Julgamento de perda de mandato do vereador Jorge Hannas Salim Júnior (Jorginho Hannas), no dia 3 de março, às 16 horas, no plenário da Câmara. O julgamento será por quebra de decoro parlamentar no qual, Jorginho Hannas (PDT), filho do vice-prefeito Jorge Hannas Salim, foi condenado, pela Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, a perda de mandato conforme as normas da casa.

O vereador Jorginho Hannas, para tentar fugir da cassação, protocolou no dia 12 de fevereiro, na Câmara Municipal de São João del-Rei, um pedido de renúncia ao mandato. Leia aqui. Porém, o presidente da Câmara suspendeu o pedido pois, segundo o Regimento Interno da Casa, a renúncia não pode acontecer antes do procedimento de ética e decoro parlamentar existente em face do edil. Não havendo o acatamento do plenário da penalidade de cassação, a renúncia passará a vigorar.

“Existe uma resolução na Câmara que diz que o vereador não pode renunciar enquanto seu processo de cassação não for votado. E é isso qu seu defendo, pois ele tem o dever de se explicar com a população São-Joanense. Ele precisa ser julgado pela Câmara antes de fugir da suas atribuições como vereador”, disse a vereadora Lívia Guimarães (PT), que também é Relatora da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara.

Lívia Guimarães (PT), Dudu de Paula (Rede) e Altamir Zanetti (Democratas) -
favoráveis à cassação de Jorginho Hannas. Foto: Reprodução

 Como já divulgou o Portal Mais Vertentes, o vereador pode ser candidato em Belo Horizonte. Leia mais.

 

Análise Mais Vertentes

Parece ser a primeira vez que um vereador de São João del-Rei pode perder o mandato por decoro parlamentar. Além de vereador, Jorginho Hannas também é filho do vice-prefeito, Jorge Hannas, braço direito do prefeito Nivaldo Andrade (PSL) em vários mandatos.

Serão necessários sete votos favoráveis à perda de mandato para se concretizar a cassação.

Três vereadores já divulgaram que votarão a favor da cassação: Lívia Guimarães (PT), Dudu de Paula (Rede) e Altamir Zanetti (Democratas). 

Os demais vereadores, maioria da base aliada do atual prefeito, terão três cenários possíveis:

1 - Se votar a favor da perda do mandato “comprará uma briga” com o vereador Jorginho Hannas - que sempre foi da base aliada - , seu pai, o vice-prefeito, e o prefeito Nivaldo Andrade.

2 - Se votar contra a perda do mandato abrirá a oportunidade do vereador renunciar ao cargo em SJDR para se candidatar em Belo Horizonte. Porém, o edil poderá ser "massacrado" pela opinião pública.

3 - Abster-se para tentar ficar "bem" com o vereador, o vice-prefeito, o prefeito e, talvez, a opinião pública. Da mesma forma ajuda Jorginho Hannas a renunciar e ser candidato em Belo Horizonte.

Façam as suas apostas!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São João del ReiSão João del Rei - MG Notícias de São João del Rei - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 06h25
11°
Poucas nuvens Máxima: 22° - Mínima: 11°
11°

Sensação

16.6 km/h

Vento

96.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Anúncio
Municípios
Banner Sessão Esportes
Últimas notícias
Banner Sessão Entretenimento
Mais lidas