Quinta, 20 de Janeiro de 2022
20°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Cultura 25ª Mostra de Cinema

Tiradentes: Curta produzido por recuperandos da APAC é destaque na 25ª Mostra de Cinema. Confira a programação!

A produção "Noites Traiçoeiras" será exibida no dia 22 de janeiro, às 15h00, no Cine Teatro do Centro Cultural Yves Alves. Com a programação gratuita e em formato híbrido nesta edição, a 25ª Mostra de Cinema retratará o "Cinema em Transição" como temática e homenageará o cineasta Ardiley Queirós

04/01/2022 às 13h57 Atualizada em 04/01/2022 às 20h04
Por: Anna Lara Resende
Compartilhe:
Foto: Divulgação/25ª Mostra de Cinema de Tiradentes
Foto: Divulgação/25ª Mostra de Cinema de Tiradentes

Colaboração: Thaís Marques

A 25ª Mostra de Cinema de Tiradentes, que será realizada entre os dias 21 e 29 de janeiro, terá como um dos destaques o curta "Noites Traiçoeiras", produzido em curso de audiovisual para os recuperandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) de São João del-Rei. O curta é dirigido por Felipe Quintiliano, Renato Loureiro e Wilmar Guilherme e será exibido no dia 22 de janeiro, às 15 horas, no Cine Teatro do Centro Cultural Yves Alves. A programação do evento é gratuita ao público e, nesta edição, será oferecida em formato híbrido, com atrações online e presenciais. 

O curta Noites Traiçoeiras, que foi produzido inteiramente no regime fechado da APAC de São João del Rei, mostra um grupo de pessoas que ganha estadia em um hotel mal assombrado, onde estranhos eventos se desenvolvem. O curta tem a duração de sete minutos e a classificação de exibição é livre.

Homenageado

O cineasta Ardiley Queirós. Foto: Léo Lara

O homenageado da edição de "Bodas de Prata" da Mostra de Cinema de Tiradentes em 2022 é o diretor Adirley Queirós, que é um dos cineastas que marcaram a história recente da Mostra de Cinema Tiradentes e o cinema brasileiro. O diretor traz em sua obra características que ajudam a elaborar o que foi o cinema da última década e nos dá elementos para pensar o futuro”, diz um dos curadores do festival, Francis Vogner dos Reis.

Além disso, o evento terá como temática o "Cinema em Transição", onde irá investigar o que se afigura no presente de futuros possíveis no cinema brasileiro, baseando-se em uma transição complexa em três dimensões: econômica, técnica e estética.

Programação

Ao todo, a 25ª Mostra de Tiradentes exibirá mais de uma centena de produções, entre longas, curtas e médias-metragens, tanto nacionais quanto regionais. O evento também contará com mesas temáticas, oficinas que certificam cerca de 200 alunos, Mostrinha de Cinema para o público infanto-juvenil, exposições e atrações artísticas, além da série “Encontro com os Filmes” que reúne anualmente críticos de cinema, acadêmicos, pesquisadores, profissionais do audiovisual, imprensa e público.

Confira mais detalhes de algumas produções que serão exibidas durante a 25ª Mostra de Cinema de Tiradentes:

A cidade é uma só (2012) - "Daí eu pensei em como fazer um filme bem legal, agradável e gângster: Brasília I love you."

Branco sai, preto fica (2014) - "Tiros em um baile de black music na periferia de Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva."

Dias de greve (2009) - "Uma greve de serralheiros é deflagrada em uma periferia da capital federal. Neste período, muito mais que um despertar para uma consciência de classe, os operários redescobrem uma cidade e um tempo que não mais."

Era uma vez em Brasília (2017) - "Em 1959, o agente intergaláctico WA4 é preso e lançado no espaço. Recebe uma missão: vir para a Terra e matar o presidente Juscelino Kubitschek no dia da inauguração de Brasília. Porém, sua nave perde-se no tempo e aterrissa em 2016 em Ceilândia."

Meu nome é maninho (2014) - "Durante a passagem da Copa do Mundo do Brasil por Brasília, acompanhamos Maninho, um ex-jogador de futebol profissional que hoje trabalha como ambulante, vendendo garrafas de água e bandeiras das seleções."

Rap, o canto da Ceilândia (2005) - "Diálogo com quatro consagrados artistas do Rap nacional (X, Jamaika, Marquim e Japão), todos os moradores da Ceilândia, cidade-satélite de Brasília. O filme mostra a trajetória desses integrantes no universo da música e faz um paralelo com a construção da cidade onde moram. São artistas que vêem no Rap a única forma de revelar seus sentimentos e de se auto-afirmar enquanto moradores da periferia."

Exibições presenciais

Seguindo todos os protocolos (Cine Tenda às 20h00 do dia 24 de janeiro) - "Após ficar 10 meses sozinho em quarentena, Francisco quer transar."

A Colônia (Cine Tenda às 20h00 no dia 25 de janeiro) - "O bairro Antônio Justa, em Maracanaú (CE), surge a partir de uma colônia fundada em 1942 para o isolamento de pessoas com hanseníase. Hoje os novos moradores e os descendentes dos primeiros pacientes convivem num território marcado pela ocupação irregular e a especulação imobiliária, atravessado pelo estigma da doença no passado e a realidade precária atual."

Sessão Bruta (Cine Tenda às 20h do dia 26 de janeiro) - "Rodado a quente com uma câmera Mini-DV, em 2018, sem grandes preparativos, mas com muito suor e cerveja, o filme se apresenta como uma sucessão de prólogos de um filme sempre por fazer. O que une todos é o desejo de pegar para si uma fatia do mundo."

Maputo Nakizandza (Cine Tenda às 22h00 do dia 27 de janeiro) - "Amanhece na capital de Moçambique. Jovens saem de uma festa e nos quintais, iniciam o dia. Um homem corre, uma mulher chega de viagem, um turista passeia, um trabalhador apanha o transporte público e a rádio Maputo Nakuzandza anuncia o desaparecimento de uma noiva."

Panorama (Cine Tenda às 20h00 do dia 27 de janeiro) - "Entre as cicatrizes do passado e as incertezas do futuro, o Jardim Panorama resiste. Há pouco mais de dez anos, a favela foi rasgada ao meio por um monstro. Hoje, o mostro dorme. Até quando? Um filme sobre os sonhos, as memórias e o cotidiano de quem mora em uma comunidade cercada pelos muros de um bairro nobre de São Paulo."

Bem vindos de novo (Cine Tenda às 20h do dia 28 de janeiro) - "Pais e filhos se reencontram depois de 13 anos separados. Este é o ponto de partida do filme, que acompanha o processo de reconstrução afetiva da família do diretor Marcos Yoshi, atravessada pelo fluxo de migrações entre o Brasil e o Japão, conhecido como fenômeno dekassegui. A história de uma família de descendentes de japoneses dividida entre a necessidade de garantir o sustento e o desejo de permanecerem juntos."

Grade (Cine Tenda às 22h00 do dia 28 de janeiro) - "O filme acompanha as experiências diárias e os sonhos dos moradores de um tipo específico de reclusão de liberdade em que os apenados assumem a manutenção do espaço, o controle das próprias atividades e de sua segurança. Com uma abordagem multifacetada, propõe a reflexão sobre o potencial criativo das pessoas encarceradas, do próprio gênero do documentário e de sua verdade."

Oficinas

A entrevista no documentário - Realização: Rodrigo Cerqueira e Roberta Fernandes (ES), entre os 25 e 27 de janeiro, de 10h às 13h00 e 14h30 às 17h30;

Assistência de Direção - Realização: Eduardo Aguilar (SP), entre os dias 22 a 25 de janeiro, de 14h às 17h00;

Cinema e Artes Plásticas em Tempos de Transformação - Realização: Dani Penna (MG), entre os dias 24 e 28 de janeiro, de 14h às 17h00;

Da personagem ao argumento - Realização: Germano Melo (MG), entre os dias 25 e 28 de janeiro, de 09h às 13h30;

Dramaturgias do Corpoespaço - Realização: Marcelo Aquino (RJ), entre os dias 26 a 28 de janeiro, de 09h às 13h30;

Dublagem: a Arte da Voz - Realização: Patrick de Oliveira (RJ), entre os dias 22 e 23 de janeiro, de 14h às 18h00;

Fotografia Expandida - Realização: Bete Bullara (RJ), entre os dias 24 e 26 de janeiro, de 10h às 13h00;

O Som em Cena - Realização: Beto Strada (GO), entre os dias 25 e 28 de janeiro, de 14h às 18h00;

Pitchings memoráveis para o Audiovisual - Realização: Priscila Schmidt (SP), entre os dias 22 e 23 de janeiro, de 09h às 13h00;

Planejamento, produção e divulgação de conteúdo para redes sociais - Realização: Emy Lobo (RJ), entre os dias 24 e 26 de janeiro, de 14h às 18h00.

Para mais informações sobre a 25ª Mostra de Cinema, acesse o site oficial do evento.

 

Com informações: Universo Produção*

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que os poderosos querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias