Quinta, 20 de Janeiro de 2022
20°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Cidades Covid-19

Dores de Campos: Com aumento de casos de H3N2 e Covid, Prefeitura proíbe eventos no município

Cidade confirma 17 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas; prefeitura diz que atendimento na Policlínica municipal está "sobrecarregado"

06/01/2022 às 13h36 Atualizada em 06/01/2022 às 14h14
Por: Thais Marques
Compartilhe:
O anúncio da proibição dos eventos foi feito na manhã desta quinta-feira (06) pela secretária de saúde, Viviane Silva e o prefeito Marcinho do Tca (MDB). Foto: Reprodução vídeo/Portal Dores de Campos
O anúncio da proibição dos eventos foi feito na manhã desta quinta-feira (06) pela secretária de saúde, Viviane Silva e o prefeito Marcinho do Tca (MDB). Foto: Reprodução vídeo/Portal Dores de Campos

A Prefeitura Municipal de Dores de Campos emitiu, nesta quinta-feira (06), o Decreto nº 03, onde proíbe a realização de qualquer tipo de evento no município em decorrência do aumento de casos de Influenza A/H3N2 e Covid-19 na cidade. De acordo com o prefeito Marcinho do Tica (MDB), 17 casos foram confirmados nas últimas 24 horas e o atendimento em saúde no município "está sobrecarregado".

Em pronunciamento feito ao Portal Dores de Campos nesta quinta (06), o prefeito Marcinho do Tica (MDB) disse que a medida foi tomada em razão ao aumento de casos de Covid-19 e de pessoas com sintomas gripais no município.  Além disso, o prefeito afirmou que está acompanhando os números da Covid na região . "Nós estamos nos precavendo de uma situação que nós não queremos mais enfrentar em nosso município, igual a que nós enfrentamos no ano passado de ter que levar a Polícia na porta do comércio. O comércio não aguenta mais isso, a economia não suporta mais. Nós não queremos perder vidas, como perdemos no ano passado devido essa pandemia. Então o poder público hoje está se precavendo de uma situação que enfrentamos lá atrás", disse o prefeito.

Além disso, o prefeito pediu a colaboração da população, disse que o Decreto "não da prazo de validade" e que "assim que os números forem favoráveis ao município e região, o decreto será revogado, estaremos flexibilizando e retomando os eventos". 

Marcinho do Tica também informou que nesta quinta-feira (06) o município confirmou 17 casos de Covid-19 e que nessa semana "houve uma crescente no número de casos".

A secretária municipal de saúde, Viviane Silva, disse que "o objetivo principal do município é preservar a vida" e pediu compreensão da população em relação ao atendimento da Policlínica, que está sobrecarregada e priorizando os casos mais graves. "Peço a compreensão da população pela lentidão no atendimento, mas é devido a grande demanda de sintomas gripais", declarou a secretária.

Bares e restaurantes continuarão podendo realizar atendimentos, desde que respeitem os protocolos sanitários vigentes no plano Minas Consciente. Música ao vivo nas localidades estão proibidas pelo novo Decreto, assim como festas particulares na cidade.

Além do anúncio do novo Decreto, a Prefeitura também cancelou o evento de Folia de Reis, tradicionalmente comemorado em Minas no dia 06 de janeiro, em prevenção ao aumento de casos de Covid-19 no município.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que eles querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias