Quinta, 20 de Janeiro de 2022
19°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Cidades Chuvas

Minas Gerais: Congonhas tem vários pontos de alagamentos e obras históricas também sofrem com as chuvas

Devido às chuvas, o abastecimento de água foi interrompido, com previsão de retorno na noite deste domingo (09)

09/01/2022 às 15h51 Atualizada em 09/01/2022 às 17h01
Por: Thais Marques
Compartilhe:
Congonhas é um dos municípios afetados pelas fortes chuvas em Minas Gerais. Foto: Reprodução/Jornal Fato Regional Congonhas
Congonhas é um dos municípios afetados pelas fortes chuvas em Minas Gerais. Foto: Reprodução/Jornal Fato Regional Congonhas

A cidade de Congonhas está sofrendo com as fortes chuvas que vem caindo no Estado. Nesse sábado (08), diversos bairros ficaram alagados em decorrência das chuvas. A Diretoria do Patrimônio Histórico local realizou ações para preservar o acervo histórico da cidade. O abastecimento de água foi interrompido na cidade pela Copasa, com previsão de retorno para a noite deste domingo (09).

De acordo com a Prefeitura de Congonhas, nesse sábado (08) a cidade registrou cerca de 70mm de chuva. A Defesa Civil trabalhou durante todo o período chuvoso realizando vistorias e monitorando a situação. Várias ocorrências foram registradas pelo órgão.

Ainda de acordo com a Prefeitura, Congonhas registrou inundações em vários pontos do município, como nos bairros Centro, Praia, Jardim Profeta, Residencial Gualter Monteiro e Fonte dos Moinhos. Também foram registrados deslizamentos de encostas em vários pontos mas que, graças às ações preventivas das equipes, não houve registro de vítimas.

"Nossas equipes conseguiram atuar rápido e auxiliar a remoção das famílias das áreas de riscos para abrigos provisórios em várias escolas do município. A população deve ficar alerta aos comunicados oficiais, procurar os abrigos se necessário e solicitar e seguir as orientações da Defesa Civil e das equipes da Prefeitura", salienta o prefeito.

A previsão é de chuvas no município até a próxima quarta-feira (12). Mais informações sobre os abrigos que foram disponibilizados pela Prefeitura de Congonhas às famílias que sofreram grandes perdas com a chuva estão neste link.

Patrimônio Histórico

Foto: Hugo Cordeiro

Com relação ao patrimônio histórico, a Diretoria de Patrimônio Histórico comunicou, através de nota nesse sábado (08), que a capela da Santa Ceia, localizada próximo a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, foi aberta pelo zelador, com autorização do Padre Geraldo Gabriel e foram tomadas as providências em relação às obras existentes.  

Segundo o assessor da Diretoria, Hugo Cordeiro, "a mesa onde havia a goteira foi inclinada e coberta, assim como as imagens da Santa Ceia, com material TNT que é usado para transportar imagens sacras, e a equipe da Defesa Civil ajudou a cobrir todas com lona. Esta medida é um paliativo, mas estaremos monitorando e aguardando resposta do Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico Nacional (Iphan) nos próximos dias para que verifiquem outras medidas que poderão ser tomadas em relação a esta situação".

Ainda de acordo com a nota emitida, o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Artístico de Congonhas (Comuphac) foi informado de toda a ocorrência.

Abastecimento de água

A Copasa informa que, devido à manutenção no sistema de captação, em função das fortes chuvas, o abastecimento em Congonhas foi interrompido na noite desse sábado (08). De acordo com a empresa, a previsão é que o fornecimento seja normalizado, gradativamente, no decorrer da noite deste domingo (09).

Os bairros afetados foram: Alvorada, Belvedere, Boa Vista, Casa de Pedra, Dom Oscar, Grand Park, Jardim Profeta, Jardim Vila Andreza, Nova Congonhas, Santa Mônica, Tijucal, Vila Condé, Vila Andreza, Vila Nereu.

 

Com informações: Jornal do Comércio*

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que os poderosos querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias