Quinta, 20 de Janeiro de 2022
20°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Saúde Surto Covid-19

Lavras enfrenta surto desenfreado de Covid com 677 novos casos em 24 horas

Prefeitura Municipal não se manifesta e nem estipulou ações para conter o avanço do vírus. Conselho da Ufla pede providências imediatas ao Executivo.

11/01/2022 às 20h05 Atualizada em 12/01/2022 às 16h05
Por: Adriano Vianini
Compartilhe:
Prefeita de Lavras, Jussara Menicucci (PSB), não se manifestou em relação ao surto de Covid-19 no município — Foto: Reprodução/Prefeitura de Lavras
Prefeita de Lavras, Jussara Menicucci (PSB), não se manifestou em relação ao surto de Covid-19 no município — Foto: Reprodução/Prefeitura de Lavras

O município de Lavras, no Campo das Vertentes, está sofrendo um surto desenfreado da Covid-19 desde o início de 2022. Nesta terça-feira (11), a Secretaria Municipal de Saúde registrou 677 novos casos positivos de Covid-19, sendo 281 homens e 386 mulheres, com idades entre 01 e 84 anos. Também foi registrado um óbito decorrente do coronavírus; o  segundo deste ano.

O município parece ter perdido o controle sobre o coronavírus e a Prefeitura Municipal não se manifesta e ainda não criou  ações para tentar conter e combater o avanço do vírus.

O Conselho de Entidades (Conse) da Universidade Federal de Lavras (Ufla), enviou na manhã desta segunda-feira, dia 10, a prefeita Jussara Menicucci (PSB), um ofício através do qual pede imediata providência da Chefe do Executivo no sentido de tomar medidas que possam restringir o avanço da Covid-19 no município, como a proibição da realização de grandes eventos, restringir as aglomerações de pessoas nas áreas comerciais, bem como vigilância para que as medidas sejam cumpridas.

O conselho expressa a preocupação com os dados recentes mostrados nos boletins epidemiológicos, que em uma semana, do dia 3 ao dia 9, foram confirmados 1.414 casos.

O pedido do Conselho tem como objetivo chamar a atenção para o anseio de toda a comunidade acadêmica para que se apresente uma situação sanitária mais segura para todos, permitindo que, o mais breve possível, tanto a universidade quanto demais serviços e eventos retornem à plena atividade, que são de interesse comum voltem a normalidade.

No ofício os signatários lembram que: "Não podemos deixar que interesses particulares momentâneos ultrapassem a nossa defesa do bem público, e estamos dispostos a encarar esse desafio conjuntamente. A Universidade Federal de Lavras é um bem, acima de tudo, do povo desta cidade que acolhe a todas e todos como filhas e filhos e, como frutos dessa terra, queremos preservá-la".

Assinam o ofício a Chefe do Executivo o presidente do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Lavras e o Presidente do Conselho de Entidades Coordenadora Geral da Associação de Pós-Graduação da Ufla.
Entidades que tem o apoio da Associação dos e das Docentes da Universidade Federal de Lavras (Ufla), Coletivo de Mães da Universidade Federal de Lavras (Ufla) e Sindicato dos Técnicos Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino de Lavras.

Caption

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias