Quarta, 25 de Maio de 2022
13°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Cidades Chuvas

São João del-Rei: Sem apoio da Prefeitura, moradores se mobilizam para limpar lama deixada pelas chuvas

Chuva de verão de maior intensidade que caiu sobre a cidade na madrugada deste domingo (16), deixou ruas e avenidas alagadas e dois córregos transbordaram deixando muita lama e sujeira para os moradores. Chuvas fortes ainda estão previstas para tarde deste domingo (16), informa Defesa Civil.

16/01/2022 às 13h09 Atualizada em 16/01/2022 às 13h58
Por: Adriano Vianini
Compartilhe:
Rua Rossine Baccarini(Tijuco), Rua Águas Limpas e Av. Santos Dumont (Matosinhos). Foto: Mais Vertentes
Rua Rossine Baccarini(Tijuco), Rua Águas Limpas e Av. Santos Dumont (Matosinhos). Foto: Mais Vertentes

Moradores de diversas ruas dos bairros Tijuco, Fábricas, Vila Nossa Senhora de Fátima e Matosinhos (Av. Santos Dumont e travessas), se mobilizaram na manhã deste domingo (16), para limpar a lama deixadas pela chuva e pelo transbordamento de dois córregos que cruzam a cidade. A chuva de verão intensa teve início por volta da meia noite deste sábado para domingo (16) e durou cerca de duas horas, suficiente para transbordar córregos e alagar casas e ruas da cidade de São João del-Rei.

Foram quase duas horas de muita chuva que alagou diversas ruas do centro de São João del-Rei, além do bairro Fábricas, Tijuco e Matosinhos. A forte chuva também fez transbordar os córregos do Lenheiro e da Água Limpa, que cruzam a cidade, invadido ruas e casas na Av. Santos Dumont, Rua Águas Limpas, Rua Ide Guimarães, todas em Matosinhos; diversas ruas de entorno da Rossine Baccarini, no Tijuco; e outras ruas da Vila Nossa Senhora da Fátima, entre a rodoviária e a ponte Luiz Bacarini, também conhecida como 'Ponte dos Cachorros'.

Segundo a Defesa Civil de São João del-Rei, tratou-se de uma chuva de verão de forte intensidade, após dias de muito calor e que, infelizmente, fez transbordar os dois córregos alagando as ruas destes bairros. A Defesa Civil também informou que o Rio das Mortes baixou nos últimos dias e, com isso, minimizou os estragos. 

Sem ajuda da Prefeitura, na manhã deste domingo (16), muitos moradores se mobilizaram para realizar a limpeza de casas e ruas nos bairros Tijuco, Vila Nossa Senhora de Fátima e Matosinhos. "Ligamos no Damae e na Prefeitura e ninguém atende", disse uma moradora do bairro Vila N. S. De Fátima. Já a moradora do Matosinhos, da Rua Águas Limpas, disse que a Av. Santos Dumont e adjacências são ignoradas pela Prefeitura. "Prefeito e vereadora só lembra daqui na hora de pedir voto", ressaltou.

O portal Mais Vertentes entrou em contato com o Damae durante toda a manhã, mas sem sucesso. Trata-se de um departamento de utilidade pública e que, por lei, deve manter atendimento 24 horas. Pelo WhatsApp, o Damae informou que "o abastecimento de água nos bairros Matosinhos, Tijuco e adjacências está comprometido devido a tromba d'água que caiu na madrugada". Também não conseguimos falar na Prefeitura Municipal.

A coordenadoria da Defesa Civil está reunindo todas as informações sobre as chuvas desta madrugada e emitirá uma nota  com mais informações na tarde deste domingo. Porém, já ressaltou que haverá mais pancadas de chuvas ainda neste domingo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias