Quarta, 25 de Maio de 2022
12°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Saúde COVID-19

São João del-Rei: Após recordes de Covid, Prefeitura avalia adotar medidas restritivas para conter avanço do coronavírus

Reunião com autoridades da saúde será realizada na próxima quarta-feira (19) para decidir as medidas que serão adotadas na cidade

17/01/2022 às 11h39 Atualizada em 17/01/2022 às 12h10
Por: Anna Lara Resende
Compartilhe:
Foto: Ignacio Cousillas Pintos / Facebook
Foto: Ignacio Cousillas Pintos / Facebook

O Boletim Epidemiológico do Coronavírus emitido nesta sexta-feira (14), pelo Setor de Vigilância Epidemiológica, registrou um novo recorde de casos positivos para Covid na cidade, onde 149 foram confirmados nas últimas 24 horas. 

São João del-Rei registrou recorde na Média Móvel de casos desde o início da pandemia, e a tendência atual é de ACELERAÇÃO no ritmo de contágio, aponta último boletim do NEPE/UFSJ. A média móvel atual na cidade é de 70,6 casos/dia, o que representa uma elevação de 1.312%, em relação à média de 14 dias atrás, quando era de 5,0 casos/dia.

Por esse motivo, o Prefeito Nivaldo José de Andrade (PSL) declarou em entrevista a uma rádio local que medidas mais restritas poderão ser  adotadas. Na próxima quarta-feira (19), segundo o prefeito, será realizada uma reunião com autoridades da saúde de São João del-Rei para decidir o que será feito para conter a aceleração no ritmo de contágio pelo coronavírus no município.

Nivaldo afirmou que, provavelmente, decretará a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos e a proibição de festas e eventos em locais fechados. “Vou conversar com alguns médicos da área epidemiológica e devo anunciar na quarta o que será feito. O que talvez seja feito, ainda vou conversar com os médicos sobre, é suspender os bailes e festas em locais fechados. E todo mundo voltar a usar máscara nas ruas. Essas medidas devem durar cerca de três semanas”, disse o prefeito da cidade. 

O político também alegou que 80% da população de São João del-Rei já está vacinada contra o vírus e que a vacinação tem sido de extrema importância para a prevenção de sintomas graves e óbitos em pacientes de Covid. Segundo Nivaldo de Andrade, a expectativa é que as crianças entre 5 e 11 anos com comorbidades comecem a ser vacinadas ainda nesta semana. 

A vacinação contra a Covid-19 está sendo realizada nas Unidades Básicas de Saúde do município. A Secretaria Municipal de Saúde recomenda à população ir até a UBS mais próxima para agendamento da imunização contra o vírus.

 

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que os poderosos querem que publique? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias