Segunda, 27 de Junho de 2022
12°

Muitas nuvens

São João del Rei - MG

Polícia Estelionato

Barbacena: Estelionatário de Osasco (SP) aplica golpe em idosos no bairro Boa Morte

O rapaz teria afirmado para os idosos que os cartões teriam sido clonados e que precisariam ser recolhidos. O homem confessou o crime e foi preso

22/03/2022 às 14h06
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Imagem meramente ilustrativa. Foto: Internet / Reprodução
Imagem meramente ilustrativa. Foto: Internet / Reprodução

Na noite de segunda-feira (21), um homem, de 24 anos, foi a um endereço no bairro Boa Morte e, em contato com uma senhora, de 70 anos, se identificou como funcionário de um banco e pegou dois cartões de débito e crédito da vítima. Segundo a vítima, o estelionatário teria afirmado que os cartões dela teriam sido clonados e que precisariam ser recolhidos.

A Polícia Militar recebeu informação de que um rapaz solicitou uma corrida de um mototaxista afirmando que precisaria fazer contato com um casal de idosos para pegar uns documentos. O condutor suspeitou da atitude e chamou a PM. De posse das características do autor, os militares foram ao hotel, para onde o suspeito foi após o golpe. 

Os militares encontraram o rapaz sentado na calçada em frente ao hotel, sendo ele abordado e nada de ilícito foi encontrado em sua posse. O homem disse que é de Osasco (São Paulo) e está na cidade desde domingo. Ao ser questionado se pediu um mototaxi, ele afirmou que pediu mas deu várias versões sobre onde foi e o que fazia na cidade. 

A vítima reconheceu o autor por uma foto que foi enviada. Ao saber que havia sido identificado, ele assumiu o crime. No quarto onde ele estava hospedado, os militares apreenderam os cartões da vítima. O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia.

O crime de estelionato

Após a denúncia, os militares foram na casa da vítima buscar mais informações. A senhora relatou que recebeu a ligação de uma mulher por volta das 18 horas afirmando que seu cartão havia sido clonado na cidade do Rio de Janeiro e uma pessoa não identificada teria efetuando uma compra no valor de R$ 2.112,00. Em função disso, seria necessário bloquear o cartão bancário.

A mulher disse ainda que a vítima deveria fazer uma ligação para determinado número, que foi feita e onde um homem atendeu. Durante a ligação, o homem solicitou os dados do cartão e repassou um número de protocolo, afirmando que a vítima deveria fazer uma carta de contestação para desbloquear o cartão do banco, sendo a carta ditada pelo próprio golpista. 

A carta foi colocada dentro de um envelope, juntamente com os cartões bancários e entregues para o homem que chegou no local no mototáxi. A mulher disse ainda que o homem que estava no telefone pediu para ela não encerrar a ligação enquanto o “funcionário” do banco não pegasse os cartões e a carta com ela. 

A vítima relatou que seguiu todas as instruções. Ao informar para o homem ao telefone que já havia entregado os cartões, ele solicitou as senhas sendo informadas pela vítima. A senhora disse que os infratores conseguiram realizar duas compras no valor de R$ 1.800,00 na cidade de Osasco. 

Durante as buscas no quarto do rapaz no hotel, também foi encontrada uma bucha de cor esverdeada similar a maconha e dez máquinas de cartões.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba? 

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias