Quarta, 25 de Maio de 2022
13°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Cidades Show Skank

Santa Cruz de Minas: Vereador propõe punição de quase R$ 5 mil para eventos que ignorarem a cidade em divulgação

Fellipe Margotti (PDT) divulgou um vídeo em suas redes sociais onde aponta irregularidades com relação ao show da banda Skank, no Pop Rock Festival

20/04/2022 às 14h51 Atualizada em 20/04/2022 às 19h32
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Reprodução / Redes Sociais
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Na segunda-feira (18), o vereador de Santa Cruz de Minas, Fillipe Augusto Margotti (PDT), divulgou um vídeo em suas redes sociais onde aponta irregularidades com relação ao show da banda Skank, no Pop Rock Festival, no último sábado (16). Dentre as várias reclamações feitas pelo vereador, ele propõe uma punição mais severa aos organizadores do evento, a BHZ Shows, que ignorarem a cidade na divulgação da festa.

Conhecido como Fillipe Xuxu, o vereador aparece indignado no vídeo, onde afirma que houve um desrespeito por parte da organização do evento e do artista com o município de Santa Cruz de Minas. Margotti aponta que o Skank, banda que se apresentou como atração principal da noite, em momento nenhum do show agradeceu ou se referiu à Santa Cruz de Minas.

Imagem: Reprodução / Divulgação

Fellipe se refere ao fato de que o cantor Samuel Rosa, líder do Skank, abriu o show cumprimentando e agradecendo a São João del-Rei e Tiradentes. Fato esse que, segundo o vereador, se repetiu em 2011, onde a banda se apresentou em Santa Cruz de Minas e repetiu o ato equivocado.

Com relação a organização do evento, que ficou a cargo da empresa BHZ Shows, que divulgou com um endereço de Santa Cruz de Minas, mas utilizou da cidade vizinha de São João del-Rei na divulgação do Pop Rock Festival.

Durante entrevista exclusiva ao Mais Vertentes, o vereador Fellipe Margotti, apontou que os proprietários do Espaço Lagos de Minas, onde ocorreu o evento, não devem ser culpabilizados pelos problemas relacionados ao Pop Rock Festival, uma vez que a empresa apenas aluga o espaço, sendo a organização e a segurança terceirizadas. “Eu já participei de eventos ali no Lago de Minas, que ele mesmo realiza, e não têm essa desorganização”, pontuou o vereador.

Ainda de acordo com o vereador, a BHZ Shows descumpriu a lei municipal nº 734, de 2011, que garante que todo evento realizado em Santa Cruz de Minas deve divulgar o nome da cidade. Até porque, de acordo com Margotti, não é justo que cidades vizinhas, como São João del-Rei e Tiradentes, por exemplo, “levem a fama”, por um evento realizado em Santa Cruz.

Foto: Vereador Fillipe Margotti (PDT) - Redes Sociais

Porém, a lei aprovada em 2011 traz como punição a quem desrespeitar a prescrição, apenas o cancelamento do alvará provisório emitido pela Prefeitura. Ou seja, efeito nenhum. Quando questionado sobre o motivo da empresa não ter o alvará cancelado por divulgar o show com o endereço de Santa Cruz, mas no nome constar o de São João del-Rei, Margotti afirmou que a Prefeitura conta com apenas um fiscal e que não há expediente no período da noite, e nenhuma norma que permita o fiscal atuar durante à noite; “então não tem como deslocar um fiscal do município e colocar a segurança dele em risco, para barrar um evento com mais de 20 mil pessoas”.

Após esse caso ter ganhado grande repercussão na cidade de Santa Cruz de Minas e na região, devido a ausência de revista na entrada do evento, venda excessiva de camarote e venda casada de copos dentro do evento, Fellipe Margotti resolveu propor uma emenda modificativa à lei nº 734.

Segundo a emenda, que deve ser votada no dia 02 de maio, o vereador propõe que no caso de não cumprimento da lei, a organização do evento que não divulgar o nome da cidade será penalizada em R$ 4.896,00, ou 1.200 UFPM (onde 1 UFPM equivale a R$ 4,08). Além disso, a prefeitura ficará um ano sem emitir alvará para a realização de eventos da empresa na cidade.

Vale lembrar que a emenda ainda está sendo avaliada e só deve ser votada na próxima Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Santa Cruz de Minas, no próximo dia 02.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias