Quarta, 25 de Maio de 2022
13°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Política Eleições 2022

Minas Gerais: Em visita de Lula ao estado, Reginaldo Lopes sinaliza pré-candidatura ao senado e reforça parceria com ex-presidente

A pré-candidatura de Reginaldo é um dos principais impasses para a aliança entre Lula e pré-candidato ao governo, Alexandre Kalil

10/05/2022 às 13h31 Atualizada em 10/05/2022 às 19h25
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Reginaldo Lopes sinaliza intenção ao Senado pelo PT, em ato do ex-presidente Lula. Foto: Reprodução / Flávio Tavares
Reginaldo Lopes sinaliza intenção ao Senado pelo PT, em ato do ex-presidente Lula. Foto: Reprodução / Flávio Tavares

O deputado federal Reginaldo Lopes (PT) voltou a sinalizar, nesta terça-feira (10), em ato de pré-campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no Expominas, em Belo Horizonte, a sua pré-candidatura ao Senado. Em breve discurso, no evento “Lula abraça Minas”, Reginaldo afirmou que quer caminhar ao lado do ex-presidente para "reconstruir o país a partir de Minas Gerais". 

Com discurso afinado ao do ex-presidente, o deputado federal destacou que o ex-presidente lidera um movimento, intitulado pelo próprio Partido dos Trabalhadores, como "Vamos juntos pelo Brasil" desde o lançamento da pré-candidatura de Lula e do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). 

"Que esse movimento se multiplique pelas ruas, pelas redes, porque Lula é o candidato de sete partidos políticos (PT, PV, PCdoB, PSB, PSOL, Rede e Solidariedade), das centrais sindicais e do povo. Minas vai ser parte corajosa da reconstrução desse país", disse o líder do PT na Câmara dos Deputados. 

Segundo Reginaldo, nunca foi tão fácil escolher o presidente da República. "São dois lados: o lado do ódio e o lado do amor; o lado do desemprego e o lado do emprego. O lado do empreguismo, da submissão, da privatização e o lado da soberania. O lado que quer resgatar a esperança do nosso povo, da nossa juventude e a soberania, porque não há soberania quando temos 20 milhões de pessoas passando fome", disse o deputado federal. 

Já em tom de pré-campanha, Reginaldo defendeu a preservação da Serra do Curral, na Região Metropolitana, alvo da instalação de um complexo de mineração da Taquaril (Tamisa), e a Bacia de Vargem das Flores, em Contagem, que pode ser atingida pelo projeto de construção do Rodoanel Metropolitano. 

"Peço que o governo do Estado não cometa nenhum crime contra o Estado de Minas. Basta o crime de Brumadinho, de Mariana, que já matou centenas de trabalhadores. O recado da mobilização da sociedade civil é 'tire o pé da minha serra'. Vargem das Flores abastece o nosso povo, porque água é vida”, discursou Lopes.

Lopes é o impasse entre Lula e Kalil

A pré-candidatura de Reginaldo é um dos principais impasses para a aliança entre o ex-presidente e o ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD), pré-candidato ao governo de Minas. Enquanto o PT quer emplacar o nome do deputado federal, o PSD bate o pé pela candidatura à reeleição do senador Alexandre Silveira (PSD). 

Aliás, ao contrário do evento do Expominas nesta segunda (9), o ato em Contagem não trouxe nenhum banner com fotos de Lula e Reginaldo juntos. Após o discurso de Reginaldo, a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, foi cautelosa, referindo-se ao parlamentar como líder do PT na Câmara.

Com informações: O Tempo

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias