Terça, 24 de Maio de 2022
13°

Poucas nuvens

São João del Rei - MG

Geral Condenada

Brasil: Mineira presa na Tailândia por tráfico de drogas, é condenada e escapa da morte

A sentença foi proferida no domingo (8) na Tailândia, e a jovem foi condenada a 9 anos e 6 meses de prisão. Os advogados só tomaram conhecimento da decisão na madrugada desta quinta-feira (12) por meio de um e-mail do consulado

13/05/2022 às 13h27
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Reprodução / Internet
Foto: Reprodução / Internet

Presa na Tailândia em fevereiro por tráfico internacional de drogas, a brasileira Mary Hellen Coelho Silva, de 21 anos, foi condenada a nove anos e seis meses de prisão. A jovem se livrou da pena de morte e da prisão perpétua, muito comuns nesses casos, na Tailãndia. A informação é de Kaelly Cavoli Moreira, uma das advogadas de defesa da jovem.

Segundo a advogada, a sentença foi proferida no domingo (8), mas a embaixada só teria recebido a informação na quarta-feira (11). Já os advogados só tomaram conhecimento da decisão na madrugada desta quinta-feira (12) por meio de um e-mail do consulado brasileiro.

“A gente teve uma pena muito positiva, melhor do que a gente esperava. Nós já tínhamos descartado a pena de morte e a prisão perpétua. Estamos caminhando para uma pena humana, o mundo precisa ir na contramão de penas desumanas”, afirmou Kaelly.

De acordo com a advogada de Mary Hellen, a sentença se divide em dois anos por crime civil e sete anos e seis meses são por crime penal. As informações ainda são preliminares, porque, até a última atualização desta reportagem, os advogados não haviam recebido a sentença completa. A defesa estuda agora pedir o "perdão real" ao rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, que está no trono desde 2019.

O advogado Telêmaco Marrace, que também defende a defesa de Mary Hellen, afirma que ela entrou de "mula" na Tailândia e não sabia da existência da droga dentro da mala. Ainda de acordo com a defesa, após ter acesso à sentença, os advogados tentarão a extradição da jovem, para que ela possa cumprir a pena no Brasil. 

A Tailândia é um dos países onde o tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte, dependendo do tipo de entorpecente, da quantidade e das circunstâncias. No caso da cocaína, a lei mudou no final de 2021, quando a pena máxima passou a ser de 15 anos de prisão.

“A brasileira teria sido assistida por defensor público nomeado pela própria corte. O setor consular está tentando, desde ontem [quarta-feira, 11 de maio], obter cópias dos documentos da sentença da brasileira”, informou Kaelly.

Foto: Internet / Reprodução

Enquanto aguardava seu julgamento na Tailândia, Mary Hellen perdeu a mãe, Thelma Coelho Silva, que lutava contra um câncer. O fato ocorreu há um mês e os advogados não informaram se Mary Hellen já recebeu a notícia da morte da mãe.

O que disse o consulado

Leia, abaixo, a íntegra do e-mail do consulado:

"A embaixada foi avisada ontem, 11/5, por telefone, sobre a audiência de Mary Hellen Coelho Silva perante a Corte de Samut Prakan, realizada no dia 8/5. O funcionário que informou a embaixada afirmou que a audiência foi agendada com um dia de antecedência, razão pela qual não teria sido possível alertar as partes interessadas antecipadamente.

De acordo com o funcionário da Corte, Mary Hellen foi condenada a 9 anos e 6 meses de prisão (divididos em: 2 anos, por crime civil; e 7 anos e 6 meses, por crime penal). A brasileira teria sido assistida por defensor público nomeado pela própria Corte. O setor consular está tentando, desde ontem, obter cópias dos documentos da sentença da brasileira".

Com informações: G1

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias