Segunda, 27 de Junho de 2022
12°

Muitas nuvens

São João del Rei - MG

Saúde Plantão Pediátrico

São João del-Rei: Pressionado pela Câmara, Secretário de Saúde promete plantão pediátrico no Hospital

Cobrado por vereadores, Secretário diz prometeu agilizar o início do atendimento para as crianças da região. Segundo Renê Marcos, a Prefeitura já conta com estrutura para começar os trabalhos

19/05/2022 às 14h17 Atualizada em 19/05/2022 às 19h57
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Mães protestam em frente à Câmara Municipal de SJDR e cobram das autoridades um Plantão Pediátrico 24 horas no município. Foto: Reprodução / Arthur Raposo Gomes
Mães protestam em frente à Câmara Municipal de SJDR e cobram das autoridades um Plantão Pediátrico 24 horas no município. Foto: Reprodução / Arthur Raposo Gomes

Na noite desta quarta-feira (18), a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São João del-Rei realizou uma reunião para debater e cobrar do Secretário Municipal de Saúde a ausência de um plantão pediátrico em São João del-Rei. O Secretário, Renê Marcos, esteve presente e prometeu, mais uma vez, agilizar o início dos atendimentos pediátricos.

A reunião foi conduzida pelo Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, o vereador Sargento Machado (PRTB), e contou com a participação dos vereadores e dos representantes do Conselho Municipal de Saúde, além de diversos segmentos da área da saúde.

Na foto, os vereadores, Edmar da Farmácia e Sargento Machado, com o secretário de Saúde, Rêne Marcos.
Foto: Divulgação / Câmara de SJDR

Segundo o presidente do Conselho, “o Secretário de Saúde afirmou que nos próximos dias será definido o início do Plantão Pediátrico, possivelmente no Hospital Nossa Senhora das Mercês, por meio de parceria com a Prefeitura Municipal, já que dispõe de toda estrutura para atendimento”.

Renê ainda afirmou que, para o plantão acontecer no Hospital de Nossa Senhora das Mercês, seria necessário uma contrapartida dos municípios que compõem a microrregião de São João del-Rei.

Foto: Reprodução / Arthur Raposo Gomes

Durante a reunião, o vereador pelo PSDB, Edmar da Farmácia, salientou para a qualidade do serviço que será prestado, diante de tamanha demanda. “Falei da importância do início dos atendimentos e que tenha a quantidade suficiente de pediatras para que o atendimento aconteça de forma satisfatória para nossas crianças”, apontou o vereador.

Outra vereadora que esteve presente na reunião, e vem assumindo as manifestações, junto às mães, pelo Plantão Pediátrico, Lívia Guimarães (PT), afirmou que "o problema do plantão pediátrico é antigo e precisa ser resolvido".

"A  cidade têm registrado baixas temperaturas nos últimos dias e as crianças fazem parte do público que mais sofre nessa época do ano. Então é preciso, mais do que nunca, que o plantão pediátrico exista, e de maneira correta!", apontou a vereadora.

Lívia Guimarães espera que o Executivo de São João del-Rei "se lembre de um valor muito importante: 'prometeu? cumpre!'. É simples". Segundo ela, "as mães, pais e familiares de crianças são-joanenses não podem continuar com essa sensação que, aqui no município, seus filhos 'só podem adoecer em horário comercial', porque depois disso, não tem atendimento pediátrico".

A vereadora frisou ainda que "a luta é para que esse atendimento especializado seja oferecido no SUS (Sistema Único de Saúde), um serviço que é gratuito, integral e universal. A ideia da nossa mobilização é que o plantão pediátrico exista e esteja disponível para quem precisar, sem distinção".

Para finalizar, Lívia relembrou que, durante a reunião, o Secretário de Saúde informou que na próxima terça-feira (23), terá uma resposta para solucionar o problema do Plantão Pediátrico. 

Até o momento não foi divulgado quando e nem onde funcionará o Plantão Pediátrico 24hs.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias