Segunda, 27 de Junho de 2022
10°

Muitas nuvens

São João del Rei - MG

Cidades Resgate

São João del-Rei: Cobra Caninana com mais de 2 metros é resgatada no bairro Tijuco

Animal foi considerado de grande porte para sua espécie e estava dentro de um balde no quintal de uma residência

25/05/2022 às 12h55
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros
Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Na tarde desta terça-feira (24), uma cobra, da espécie caninana, de grande porte, foi resgatada no quintal de uma residência no bairro Tijuco. O animal tem dois metros e foi capturado pelos militares do Corpo de Bombeiros de São João del-Rei. O animal foi liberado de volta a seu habitat e longe de residências.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para realizarem a captura de uma cobra e, ao chegarem ao local, os militares foram informados pelos solicitantes que o animal estava dentro de um balde.

De acordo com o chefe da equipe que atendeu a ocorrência, Sargento Dias, “a cobra estava enrolada dentro do balde. Seguindo nossa orientação, os moradores taparam o recipiente, o que auxiliou na captura. Ainda assim, ela resistiu muito, pois se trata de um animal bastante arisco. Além disso, a cobra era de grande porte, o que dificulta na hora de colocá-la dentro da caixa de captura”. 

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Os militares conseguiram retirar a cobra do balde, com o uso de uma pinça de captura de serpentes. Ela foi acondicionada em um recipiente destinado para este fim e solta posteriormente em área aberta longe de residências.

A serpente, que é da espécie Caninana e, apesar de a cobra assustar devido ao tamanho avantajado (os militares estimam que ela mede entre 2 e 2,5 metros), esta espécie não possui veneno. Segundo o Corpo de Bombeiros, as caninanas são comuns na região e, geralmente, entram em residências próximas à áreas de vegetação em busca de alimento. 

“Em 25 anos de serviço, poucas vezes capturei animais de tão grande porte. Embora as cobras assustem, quem se depara com uma não deve tentar capturar por meios próprios ou muito menos matar o animal. O procedimento correto a ser adotado é fazer o que os solicitantes fizeram neste caso: isolar o local e chamar o Corpo de Bombeiros”, adverte Dias.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias