Segunda, 27 de Junho de 2022
12°

Muitas nuvens

São João del Rei - MG

Polícia Homicídio

São João del-Rei: Suspeito de abuso sexual é morto por enteado no bairro Tijuco

O autor confessou a autoria do crime, cuja motivação teria sido frequentes abusos sexuais sofridos pela irmã, praticados pela vítima

06/06/2022 às 11h45 Atualizada em 07/06/2022 às 20h01
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Foto: Divulgação / PMMG
Foto: Divulgação / PMMG

No final da tarde da última sexta-feira (03), um homem, de 59 anos, foi encontrado morto nos fundos de sua casa, no bairro Tijuco, em São João del-Rei. A Polícia Militar esteve no local após denúncias de disparo de arma de fogo, momento em que encontrou a casa aberta e a vítima sem os sinais vitais.

Durante a perícia, constatou-se dois disparos de arma de fogo no corpo, um no braço direito e outro no braço esquerdo, sendo que ambos os projéteis atravessaram os braços. Segundo a PM, o projétil do braço esquerdo, após atravessar o membro, veio a reentrar no corpo da vítima na altura do tórax.

Após ser descartada a possibilidade de roubo seguido de morte, a PM foi informada também de que a vítima seria usuário de drogas, o que poderia ter motivado também a sua morte. Imediatamente após a notícia do fato, equipes policiais iniciaram rastreamento com o intuito de identificar e capturar o suposto autor do crime.

O suspeito

Segundo a PM, por volta das 16h45min, o Centro de Operações Policiais recebeu uma ligação anônima, via 190, noticiando que a autoria do citado delito, recairia sobre um homem de 39 anos, enteado da vítima, e um jovem de 17 anos.

Foi apurado que a vítima, em data pretérita, fora acusado de ter praticado abuso sexual na irmã do enteado, fato este que poderia ter motivado o suposto autor a executar a vítima. A PM recebeu informações de que o enteado estaria albergado na APAC, o que foi confirmado. 

Em contato com o enteado, após cientificados dos fatos, primeiramente negou envolvimento no delito, mas posteriormente confessou a autoria do crime. Quanto à conduta e participação do menor preferiu manter-se em silêncio.

O enteado relatou que, diante do abalo emocional de ter perdido sua mãe em 2007, além dos abusos sexuais que sua irmã sofreu praticado pela vítima do homicídio, deslocou na condução de sua bicicleta até a casa da vítima, portanto um revólver calibre .32, e efetuou seis disparos em sua direção, logo em seguida evadiu novamente na sua bicicleta.

No domingo (05), o menor foi abordado por equipes policiais do 38º BPM, e ao ser questionado sobre sua participação no homicídio, assumiu ter participado do crime.

A arma do crime não foi localizada, porém com o menor a PM encontrou a réplica de uma pistola, sendo ele encaminhado para a Delegacia de Plantão.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias