Segunda, 27 de Junho de 2022
12°

Muitas nuvens

São João del Rei - MG

Saúde Denúncia

São João del-Rei: Pacientes e vereador denunciam atraso e irregularidades no atendimento da Santa Casa de Misericórdia

Fabiano Pinto (DEM) denunciou que uma paciente esperou quase 11 horas e só conseguiu leito para internação após intervenção com a PMMG. Além disso, pessoas com suspeita de Covid-19 aguardam atendimento junto com demais pacientes

14/06/2022 às 16h41 Atualizada em 14/06/2022 às 20h02
Por: João P. Sacramento
Compartilhe:
Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de SJDR Foto: Internet / Reprodução
Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de SJDR Foto: Internet / Reprodução

"Mínimo seis horas para atendimento no Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de São João del-Rei e internação só após pedido e intervenção de políticos e amigos". É o que denunciam pacientes ouvidos pelo portal Mais Vertentes que, nos últimos meses, também tem recebido constantes reclamações de demora no atendimento do Pronto Socorro - mesmo de pacientes com plano de saúde - na unidade hospitalar de São João del-Rei.

O vereador Fabiano Pinto (Democratas) confirmou as informações, pois também esteve na Santa Casa de Misericórdia na noite de ontem (13), quando precisou intervir para ajudar uma senhora de 87 anos, vítima de um AVC, que esperava há quase 11 horas por um atendimento emergencial. 

Ainda segundo as pessoas que buscaram atendimento no Pronto Socorro, confirmadas pelo vereador, pacientes com Covid-19 estão esperando atendimento no mesmo local que outros pacientes. Em outros casos, pacientes precisam esperar horas por um atendimento e não conseguem vagas para internação nem com um plano de saúde. "Esta uma bagunça, paciente com Covid-19 aguardando atendimento junto com demais pacientes; um absurdo!", relatou Fabiano Pinto.

De acordo com o vereador, a senhora M.C.A.A., de 87 anos, sofreu um AVC recentemente e precisou retornar à Santa Casa na noite dessa segunda-feira (13), para emergência. Porém, ainda segundo o vereador, a paciente, que seria usuária de plano de saúde, ficou aguardando atendimento por mais de dez horas, junto com outros pacientes, muitos deles com suspeita e confirmação de Covid-19.

Fabiano Pinto contou ao Mais Vertentes que a paciente chegou no Pronto-Socorro às 12h30, só conseguiu fazer o primeiro exame às 13h30, e que o neurologista só foi chamado às 14hs. O profissional, segundo ele, só chegou na Santa Casa às 19hs, para realizar o atendimento na paciente vítima de um Acidente Vascular Cerebral. E a internação só foi possível após o vereador também chamar pelos membros do Comitê de Saúde da Câmara Miunicipal e parentes realizarem um Boletim de Ocorrência junto à Polícia Militar.

Fabiano Pinto relata que só após a intervenção dos vereadores e da PM, que a paciente com AVC conseguiu uma vaga em um leito por volta das 22hs.

O Mais Vertentes entrou em contato com a administração da Santa Casa de Misericórdia de São João del-Rei para esclarecer as demoras nos atendimentos e a denúncia de pacientes com Covid-19 junto aos demais.

Em contato com o Mais Vertentes, no início da tarde de hoje, o administrador da casa de Saúde, Adriano José Tomaz Teixeira, afirmou que não tinha conhecimento sobre as denúncias e pediu para que fosse feito contato formal, por e-mail, com a Ouvidoria, pois iria apurar as reclamações. O Mais Vertentes realizou o contato, porém até o fechamento desta edição, às 19h51, não obteve retorno da Ouvidoria da Santa Casa de Misericórdia.

Faça parte e ajude o Mais Vertentes

Precisamos de você para seguirmos independentes, investigativos e fortes. Ajude-nos com o jornalismo que nasceu para cutucar e mudar. Ou vai continuar lendo só o que “eles” querem que você saiba?  

Ajude aqui o Mais Vertentes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias