Sábado, 30 de Maio de 2020
32 999532355
Educação Reitoria UFLA

UFLA tem novo reitor. UFSJ ficou sem. Entenda os motivos!

Estilos de liderança e modelo de gestão podem ter sido critérios para escolha ou não do novo reitor da UFLA e UFSJ

06/05/2020 17h34 Atualizada há 3 semanas
1.087
Por: Adriano Vianini
Novo reitor da UFLA, professor João Chrysóstomo de Resende Júnior, é nomeado e confere o mandato por quatro anos (2020-2024).
Novo reitor da UFLA, professor João Chrysóstomo de Resende Júnior, é nomeado e confere o mandato por quatro anos (2020-2024).

Foi publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira (4), a nomeação do novo reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor João Chrysóstomo de Resende Júnior, que ocupou o cargo de pró-reitor de Planejamento e Gestão (2020) a partir de junho de 2017. Já a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), foi surpreendida nesta terça-feira (5), com um comunicado do Ministério da Educação (MEC) informando que o mandado do atual reitor, Sérgio Cerqueira, venceu nessa segunda (4). E como o novo reitor não foi nomeado, a instituição poderá ficar sem.

Em nota, a UFSJ lamentou a decisão e diz que "foi surpreendida com um parecer do Ministério da Educação dando um novo entendimento acerca do início do mandato de reitores e reitoras, informando que este se inicia e termina de acordo com a data da publicação da nomeação no Diário Oficial da União (DOU). Tal entendimento difere do praticado habitualmente nas universidades, inclusive na UFSJ, de que este mandato começa a contar a partir da data da posse do novo reitor ou reitora".

A expectativa da UFSJ era que o Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), nomeasse o novo reitor com base nos três nomes que compõem a lista tríplice enviada ao MEC em novembro de 2019, após a comunidade acadêmica da instituição eleger seus representantes de forma democrática. O professor Marcelo Pereira de Andrade encabeçava a lista, seguida pelas professoras Rosy Iara Maciel de Azambuja Ribeiro e Elisa Tuler de Albergaria .

Já para o novo reitor da UFLA, o professor João, que foi eleito também pela lista tríplice enviada ao MEC, a nomeação é a última etapa de um processo sério de escolha, pelo qual a comunidade manifestou o seu apoio ao projeto proposto, o que foi também considerado pelo Colégio Eleitoral. “Meu compromisso é de muito trabalho, a ser feito junto com o professor Scolforo como vice-reitor e com uma equipe que está sendo definida, de forma a termos um time coeso em atuação. O mês de maio será importante para a transição nas pró-reitorias e diretorias. Trabalharemos em um projeto de consolidação de todo o crescimento experimentado pela UFLA a partir de 2008 e realizado pelas gestões anteriores”, informou.

Motivos podem ser estilos de liderança e modelo de gestão

O Portal Mais Vertentes entrou em contato com o MEC para entender o motivo da não nomeação do reitor da UFSJ e se houve mudanças nas regras. A Assessoria de Comunicação do MEC informou que "não houve um novo entendimento e nem mudanças nas regras acerca da lista tríplice enviada pelas universidades . Porém, as normas técnicas do MEC deixam claras sobre a investidura no cargo de reitor e datas de início e término com base nos critérios da ANDIFES. Porém, no caso da UFSJ, tais datas não foram informadas, que apenas se pronunciou sobre o início do prazo de quatro anos", esclareceu.

Já outra fonte ouvida pelo Portal Mais Vertentes dentro do MEC informou que "por meio da lista tríplice é observada ainda uma série de critérios para escolha do novo reitor, exemplos: estilos de liderança, estilos de gestão, relatórios administrativos e financeiros das universidades, geração de conhecimento de utilidade pública, entre outros critérios. "Não posso falar pela UFSJ, mas é sabido por todos que a decisão final é do Presidente da República com base nestes e outros critérios. Basta olhar para o estilo dos novos reitores que estão sendo nomeados para entender o modelo de gestão que o MEC preconiza",  informou.

Este modelo, conforme já divulgou o Portal Mais Vertentes, e de acordo com diretrizes do governo federal, as finanças das instituições federais de educação ganharam um novo balizador. Assim como em sala de aula o sistema de avaliação considera mérito e notas para a aprovação, em universidades e institutos federais ele valerá para deixar o caixa no azul. Na nova lógica do Ministério da Educação (MEC), palavras como gestão e planejamento são a chave para a distribuição da matriz de recursos. E a pontuação no Índice Integrado de Governança e Gestão Públicas (IGG), um levantamento feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para medir a capacidade das instituições públicas federais de gerir seus bens, será determinante na repartição de verbas.

A Universidade Federal de Lavras (Ufla), no Campo das Vertentes, sai na frente. Ela está no topo da governança, com a maior pontuação do país entre as universidades segundo esse critério. Maior instituição do estado, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aparece bem depois, com quase metade da pontuação, na última colocação entre as 20 melhores do Brasil. Saiba mais aqui.

Gestão já está na prática e no discurso do novo reitor da UFLA. O professor João Chrysóstomo, já anunciou que "a prioridade é a modernização e a descentralização administrativa, com foco na implantação de um novo modelo de estrutura organizacional. “Vamos buscar uma revolução administrativa, com a descentralização do poder de decisão, de forma que um número maior de pessoas possa participar de decisões administrativas e acadêmicas. Será um marco para os próximos anos, uma missão desafiadora, que exige o engajamento de todos, mas que trará grande retorno em qualidade”, avalia. Professor João menciona também que todos os esforços serão feitos para os aperfeiçoamentos necessários no ensino, nas estratégias pedagógicas, nas condições de pesquisa, de pós-graduação, de extensão, e nas diversas frentes de atuação da Universidade. “Apesar do contexto econômico nacional desafiador, estou motivado, porque conheço o engajamento desta comunidade, e juntos vamos conseguir superar os obstáculos”, informou em nota.

Em nota, a Assessoria de Comunicação (ASCOM) da UFSJ divulgou que "o professor Sérgio Augusto de Araújo da Gama Cerqueira, Reitor da UFSJ, foi nomeado no dia 04 de maio de 2016 e empossado no dia 08 de maio de 2016. Ou seja, de acordo com o entendimento do MEC, o mandato do Professor Sérgio encerrou, ontem, dia 04 de maio, colocando a universidade em uma situação inusual, uma vez que o próprio MEC ainda não indicou o próximo reitor ou reitora da UFSJ. Assim, conforme a legislação em vigor, as atividades da Reitoria continuarão por meio da atuação do vice-reitor, Valdir Mano. A Gestão 2016-2020 está em contato com o MEC para solicitar providências imediatas sobre esta situação", informou.

 

Processo de escolha do reitor

A lista tríplice da UFLA foi definida pelo Colégio Eleitoral em fevereiro de 2020 e seguiu para apreciação do Ministério da Educação e da Presidência da República. O professor João obteve 69 dos 77 votos do Colégio, que considerou também a consulta informal feita à comunidade acadêmica em dezembro de 2019. Com a participação de professores, técnicos administrativos e estudantes na pesquisa, os professores João Chrysóstomo de Resende Júnior e José Roberto Soares Scolforo obtiveram 60% dos votos, segundo fórmula prevista no Edital, considerando paridade e proporcionalidade entre os três segmentos.

Compareceram às urnas 614 professores (79,5% dos docentes aptos a votar), 455 técnicos administrativos (81,0% dos TAE´s aptos a votar) e 2252 estudantes de graduação e pós-graduação (16,6% dos discentes aptos a votar). A chapa formada por João e Scolforo obteve 63% dos votos dos docentes, 54% dos votos dos técnicos administrativos e 72% dos votos de estudantes.

Já o Colégio Eleitoral da UFSJ elegeu em 9 de dezembro os candidatos que irão compor a lista tríplice. O professor Marcelo Pereira de Andrade obteve 27 votos e encabeça a lista. As professoras Rosy Iara Maciel de Azambuja Ribeiro e Elisa Tuler de Albergaria receberam 14 votos cada. Como o critério de desempate previsto era o maior tempo de trabalho na instituição, Rosy passou a ocupar o segundo lugar da lista.  Os três nomes fazem parte da Chapa 1, que foi a escolhida pela comunidade universitária, em pesquisa informal realizada no dia 26 de novembro. Saiba mais aqui.

Fontes: Assessorias de Comunicação UFLA, UFSJ e MEC

 

#reitoria #ufla #ufsj #universidades #educacao #mec #noticiasdesaojoaodelrei #noticiasdelavras

São João del Rei - MG

São João del Rei - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de São João del Rei - MG
Anúncio
São João del Rei - MG
Atualizado às 14h16 - Fonte: Climatempo
20°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 20°

20° Sensação
13 km/h Vento
37.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (31/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 21°

Sol com algumas nuvens
Segunda (01/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 22°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias