Quinta, 02 de Julho de 2020 10:36
32 999532355
Geral Polícia

Andrea Neves é indiciada pela Polícia Federal por obstrução da Justiça

A irmã do deputado federal Aécio Neves é acusada de ter tido acesso a documentos sigilosos da PF relativos a investigações de organizações criminosas que ela supostamente participava ou tinha interesse direto

10/06/2020 12h01
307
Por: Adriano Vianini Fonte: O Tempo
Andrea Neves, quando foi intimada a prestar depoimento na operação Ross Foto: Douglas Magno/O Tempo
Andrea Neves, quando foi intimada a prestar depoimento na operação Ross Foto: Douglas Magno/O Tempo

A Polícia Federal indiciou, nesta quarta-feira, 10, a irmã do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves, por obstrução de Justiça. Segundo a PF, ela é acusada de embaraçar investigações relacionadas à organizações criminosas a que ela supostamente pertencia ou tinha interesse direto. A obstrução era baseada na obtenção de informações sigilosas da Polícia Federal.

Agora, cabe ao Ministério Público decidir se apresentará ou não denúncia contra ela. Se a denúncia for apresentada e Andrea for condenada pela Justiça, ela poderá cumprir até 10 anos de prisão.

O inquérito concluído hoje pelo delegado Rodrigo Morais é um desdobramento da Operação ROSS. Deflagrada em 2018, a operação encontrou documentos sigilosos e internos da Polícia Federal na casa de Andreia Neves em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte. Entre eles, estaria o depoimento de Joesley Batista, dono da JBS. Joesley é um dos delatores de Aécio Neves na Operação Lava Jato.

Segundo os investigadores, advogados cooptaram servidores da Superintendência Regional da Polícia Federal em Minas Gerais com o objetivo de obter acesso ilegal à informações sigilosas de diversas investigações do órgão no Estado. Eles ofereciam aos clientes acesso privilegiado à informações e facilidades ilegais que, segundo a Polícia Federal, “embaraçavam diversas investigações – principalmente aquelas que envolviam organizações criminosas”.

Em nota, a defesa de Andrea Neves disse que está perplexa com o que chamou de “finalização precipitada da investigação” e que o indiciamento contraria as provas obtidas no próprio inquérito. Segundo a nota, as investigações demonstraram que Andrea nunca solicitou documentos a quem quer que seja e nunca teve contato com qualquer agente público.

“Os documentos que se encontravam em sua residência já tinham o seu conteúdo amplamente divulgado pela imprensa, sendo, portanto, estapafúrdia a hipótese de que poderiam ser usados para qualquer ato de obstrução de justiça”, diz a nota assinada pelo advogado Fábio Tofic Simantob.

Confira na íntegra a nota da defesa de Andrea Neves

"NOTA À IMPRENSA:

A defesa de Andrea Neves manifesta a sua perplexidade com a finalização precipitada da investigação feita pela autoridade policial que contraria, inclusive, as provas obtidas no próprio inquérito.

Andrea Neves foi chamada a prestar depoimento em julho do ano passado, tendo ficado acertado que prestaria seus esclarecimentos assim que, como determina a Lei, tivesse acesso à integralidade dos documentos relacionados à investigação. Essa nova intimação jamais ocorreu.

As investigações demonstram que Andrea nunca solicitou qualquer documento a quem quer que seja e nunca teve contato com qualquer agente público. 

Os documentos que se encontravam em sua residência já tinham o seu conteúdo amplamente divulgado pela imprensa, sendo, portanto, estapafúrdia a hipótese de que poderiam ser usados para qualquer ato de obstrução de justiça.

É preocupante que a autoridade policial faça uma ilação dessa gravidade sem apontar qualquer ato praticado por Andrea que pudesse ser interpretado como obstrução de justiça. 

No mais, registre-se a ironia de que um inquérito instaurado para apurar vazamento tenha tido a sua conclusão vazada antes que as partes pudessem ter conhecimento de seu conteúdo.

Fábio Tofic Simantob"

 

#noticias #aecioneves #andreaneves #policiafederal #minasgerais #mg

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São João del Rei - MG
Atualizado às 10h30 - Fonte: Climatempo
17°
Muitas nuvens

Mín. 10° Máx. 21°

17° Sensação
10.2 km/h Vento
65.3% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (03/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 20°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (04/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 21°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias