Sexta, 14 de Agosto de 2020 13:56
32 999532355
Dólar comercial R$ 5,41 0.721%
Euro R$ 6,4 +0.881%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.408%
Bitcoin R$ 67.855,02 +1.386%
Bovespa 101.061,43 pontos +0.6%
Economia Minas Consciente

São João del-Rei fica no Programa Minas Consciente e comércio reabre na Onda Branca. Prefeitura já sabia!

A medida entra em vigor no sábado, 11 de julho, e poderão reabrir as autoescolas, lojas de artigos esportivos e jogos eletrônicos, floriculturas, lojas de móveis e tecidos, comércio varejista de antiguidades, objetos de arte, armas e fogos de artifício, além de atividades imobiliárias e contabilidade.

10/07/2020 09h43 Atualizada há 1 mês
1.609
Por: Adriano Vianini
Foto: São João del-Rei - Mais Vertentes
Foto: São João del-Rei - Mais Vertentes
Conforme divulgado em primeira mão e com exclusividade ontem (10), pelo portal Mais Vertentes, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vetou nesta quinta-feira o decreto municipal no qual a Prefeitura de São João del-Rei pretendia reabrir todos os setores da economia a partir de segunda-feira (13). Com esta decisão - tudo pode mudar até o final do dia - o município permanece no Programa Minas Consciente, mas avança da Onde Verde para a Onda Branca. A medida entra em vigor no sábado, 11 de julho, e poderão reabrir as autoescolas, lojas de artigos esportivos e jogos eletrônicos, floriculturas, lojas de móveis e tecidos, comércio varejista de antiguidades, objetos de arte, armas e fogos de artifício, além de atividades imobiliárias e contabilidade.
 
A Prefeitura Municipal de São João del-Rei emitiu um decreto nesta quinta-feira (9), onde pretendia liberar a retomada de todos os setores econômicos do município, incluindo bares, academias e salões de beleza, a partir de segunda-feira, 13 de julho. O prefeito municipal de São João del-Rei, Nivaldo de Andrade (PSL), também estabeleceu que a cidade não seguiria mais as diretrizes do programa do governo estadual Minas Consciente. Porém, segundo fontes ouvidas pelo portal Mais Vertentes, a prefeitura já sabia da decisão do MPMG sobre, caso o município deixasse de seguir o Programa Minas Consciente, que atende a Normativa 19 (liberação por ondas), teria que regredir e atender a Normativa 17, ainda mais restritiva.
 
Em entrevista a uma rádio local, o assessor jurídico do SindComércio, Emanuel Vitoreli, informou que "com a liminar do Ministério Público de Minas Geras, pedindo o reconhecimento da constitucionalidade do poder do Estado e que a decisão do Comitê Estadual da Covid-19 prevalecesse, as cidades que não estivessem no Minas Consciente iriam funcionar apenas com os essenciais, bem restritivo", informou.
 
Ainda segundo o assessor jurídico do SindComércio, o município irá retornar ao programa do Estado. "Com a decisão que nós temos o decreto municipal se torna ineficaz, não tem como aplicar e descumprir a ordem judicial. Será revogado e determinado a permanência do Minas Consciente, além do decreto que determina as orientações para empresas contempladas na Onda Branca", informou à rádio.
 
Avanços no Programa Minas Consciente
Ainda ontem, quinta-feira (9), o Governo de Minas anunciou que as 37 cidades da macrorregião Centro-Sul, a qual contempla o Campo das Vertentes,  vão avançar da Onda Verde para a Onda Branca do Programa Minas Consciente. Trata-se de uma iniciativa do Estado que propõe a retomada gradual da economia. Com esta mudança, recebem autorização para funcionamento autoescolas, lojas de artigos esportivos e jogos eletrônicos, floriculturas, lojas de móveis e tecidos, comércio varejista de antiguidades, objetos de arte, armas e fogos de artifício, além de atividades imobiliárias e contabilidade. A medida entra em vigor no sábado, 11 de julho. 
Vale lembrar que a macrorregião Centro-Sul havia avançado para a Onda Branca em 21 de maio. Só que com a explosão de casos da Covid-19 no Centro-Sul, no dia 25 de maio, a região regrediu para a Onda Verde.
 
Análise Mais Vertentes
Diversos prefeitos ouvidos pelo portal Mais Vertentes durante a semana já sabiam que, se a cidade de SJDR deixasse o Programa Minas Consciente, teria que atender à Normativa 17, o que torna ainda mais rígidas as ações do combate ao coronavírus. Além disso, o prefeito poderá responder legalmente pelas consequências da liberação. Leia mais aqui!
 
Portanto, não é surpresa que a Prefeitura de São João del-Rei, seus assessores de gabinete e sindicatos também tinham conhecimento do cumprimento desta lei. Mesmo assim, em ato proposital, a Prefeitura emite decreto para reabrir todos os setores da economia (incluindo bares, academias, salões de beleza e barbearias). 
 
Trata-se de uma jogada de mestre para ganhar a opinião pública. Recebendo pressão de todos os lados, especialmente dos sindicatos e comerciantes para reabertura do comércio, o prefeito Nivaldo de Andrade - que é mais esperto que raposa velha - sabendo desta decisão e da possível intervenção do MPMG sobre o Programa, joga ainda mais lenha na fogueira e passa de "bandido" para "mocinho". Ou seja, a Prefeitura escancara a imagem positiva de que "por ela e pelo prefeito tudo estaria aberto", porém agora "o problema é do MPMG que, teoricamente, não quer deixar".
 
É ou não é uma jogada eleitoreira? 
 
#maisvertentes #saojoaodelrei #minasgerais #mg #minasconsciente
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São João del Rei - MG

São João del Rei - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias de São João del Rei - MG
São João del Rei - MG
Atualizado às 13h42 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 25°

25° Sensação
9.9 km/h Vento
33.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (15/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Domingo (16/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias